Moraes inclui Bolsonaro em investigação sobre autoria de atos golpistas


Foto: Divulgação

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou a inclusão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) no inquérito sobre a autoria dos atos golpistas que resultaram na invasão e depredação das sedes dos Três Poderes.

A Corte, que acatou pedido da Procuradoria-Geral da República, reitera que Bolsonaro é suspeito de incitação ao crime após ter postado vídeo questionando as eleições dias depois dos ataques terroristas. No entanto, três horas depois, ele deletou a publicação.

Por estar fora do país, Moraes afirmou que o pedido de interrogatório do ex-presidente será apreciado posteriormente, em "momento oportuno".

A PGR apresentou ontem (13) o pedido para incluir Bolsonaro na investigação depois de receber uma representação assinada por mais de 80 integrantes do Ministério Público Federal, que cobrava uma investigação contra o ex-presidente por incitação ao crime.

Em nota, o advogado Frederick Wassef, que defende Bolsonaro, afirmou que o ex-presidente "sempre repudiou todos os atos ilegais e criminosos" e negou participação no que chamou de "movimentos sociais espontâneos".

Fonte - Metro 1