Embasa beneficia novos usuários com ligação de água no Oeste da Bahia


A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) implantou, ao longo do último ano, 7.827 mil ligações de água no Oeste da Bahia. Cidades pólos da região, Barreiras e Luís Eduardo Magalhães lideraram o ranking anual, com 2.275 e 1.542 acréscimos de ligações, respectivamente. O destaque fica por conta de Riachão das Neves, onde a Embasa cadastrou 1642 mil novas famílias beneficiadas. A maioria delas fica no distrito de Cariparé e na localidade de São José do Rio Grande, onde a Embasa inaugurou novos sistemas de abastecimento de água.

O gerente regional da Embasa, Marcos Rogério Moreira, explica que a empresa manteve, novamente, a média de crescimento anual de novos beneficiados com ligações de água. “Nossas equipes, com o apoio das prefeituras municipais, estiveram atentas ao atendimento dos usuários interessados em ter água tratada nas cidades, mas principalmente na zona rural. Além de Riachão das Neves, onde passamos a operar em novas localidades, podemos destacar o atendimento na Mata do Cedro, em Cristópolis; Junco, Joá e Ouriçangas, em Angical; e Pedra Preta, em Santana”, afirma.

Esgoto – Em relação ao esgotamento sanitário, a Embasa começou a prestar o serviço, no último ano, para 3097 mil novos imóveis do Oeste da Bahia. Novamente, as cidades pólos - Barreiras e Luís Eduardo Magalhães – estiveram à frente e, somadas, beneficiaram cerca de três mil imóveis com a coleta e tratamento dos esgotos domésticos. A Embasa também presta serviço em Canápolis, Ibotirama e Muquém do São Francisco, contribuindo com a redução da contaminação direta às bacias hidrográficas existentes no Oeste da Bahia.