Dino anuncia criação do Observatório da Violência contra Jornalistas pelo Ministério da Justiça


Foto: Reprodução/Isaac Amorim/MJSP

Diante do aumento de casos de agressões contra profissionais do meio jornalístico, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, nesta terça-feira (17), anunciou a criação do Observatório da Violência contra Jornalistas.

"Acolhendo o pedido das entidades sindicais dos jornalistas, vamos instalar no Ministério da Justiça o Observatório Nacional da Violência contra Jornalistas, a fim de dialogar com o Poder Judiciário e demais instituições do sistema de justiça e de segurança pública", escreveu Dino.

Um episódio recente, em que cerca de 15 jornalistas sofreram agressões verbais, físicas e roubo de equipamentos ocorreu no dia 08 de janeiro deste ano, quando apoiadores extremistas do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) protagonizaram atos antidemocráticos na Praça dos Três Poderes, em Brasília.

A situação foi denunciada pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI), que realizou um requerimento ao procurador-geral da República, Augusto Aras, para a abertura de uma investigação com o intuito de identificar os agressores.

“[Os] crimes praticados contra os jornalistas tiveram como motivação principal a política doentia dos extremistas e os atos terroristas realizados, restringindo a livre imprensa e expressão dos profissionais. Além de violar de forma direta e inequívoca o Estado Democrático de Direito, coibindo que as informações referentes ao ato antidemocrático chegassem até a população brasileira”, diz o texto da ABI.

Fonte - Metro 1