Alckmin é o presidente do Brasil até a próxima quinta-feira (26/01)


A partir deste domingo (22/1), enquanto Luiz Inácio Lula da Silva viaja para a Argentina, quem comandará o país será Geraldo Alckmin (PSB). A troca seguirá até o dia 26 de janeiro (quinta-feira) e o novo chefe comandará do gabinete presidencial, no Palácio do Planalto. Lula foi até o país vizinho em busca da recuperação da imagem do Brasil no cenário internacional.

O primeiro compromisso de Alckmin será uma reunião com o vice-presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans, na segunda-feira (23/1). A pedido de Lula, o novo comandante despachará do gabinete presidencial, no Palácio do Planalto. A informação foi confirmada ao Correio pela assessoria de Alckmin.

Segundo o jornal argentino Perfil, na visita deve ocorrer um diálogo para um plano de trabalho em função de instituir uma moeda comum entre os dois países. O objetivo é facilitar as transações comerciais, facilitando os fluxos financeiros comerciais com a redução de custos em tarifas.

Com o presidente brasileiro estão os ministros de estado Paulo Pimenta (chefe da Secretaria de Comunicação Social), Márcio Macêdo (chefe da Secretaria Geral), Mauro Vieira (Relações Exteriores), Fernando Haddad (Fazenda), Nísia Trindade (Saúde) e Luciana Santos (Ciência e Tecnologia).

Entre os temas a serem tratados está a integração energética, comércio e investimentos, ambiente, infraestrutura, defesa, desarmamento, combate a ilícitos, espaço, cultura e questões de gênero.

Fonte - Correio Braziliense