Estudantes da rede municipal de Barreiras recebem prêmio estadual do MPT na Escola


Mais de meio milhão de estudantes de escolas públicas, de todas as regiões do país, usaram a arte como alerta sobre as consequências do trabalho infantil. As melhores produções concorreram à etapa estadual do Prêmio MPT na Escola, uma iniciativa do Ministério Público do Trabalho (MPT), para fortalecer o sistema de garantias de direitos a crianças e adolescentes, no Brasil.

Em Barreiras, duas estudantes da rede municipal de ensino foram vencedoras. Concorrendo com escolas públicas de toda Bahia, as estudantes selecionadas Nicole de Oliveira Alcântara, do Centro Municipal de Aprendizagem Paulo Machado e Sarah Martins Brito, do Colégio Municipal Eurides Sant’Anna, apresentaram os melhores trabalhos de conto e desenho, respectivamente. E nesta manhã de quinta-feira, (01), participaram da cerimônia online por videoconferência transmitida diretamente do município de Conceição do Coité, para receberem um Notebook.

A subsecretária de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Cátia Alencar participou do evento na sede do MPT Barreiras, que contou ainda com a presença das gestoras e coordenadoras das escolas premiadas. A estudante Sarah estava acompanhada dos pais Ana Paula e Argirclebson, e a estudante Nicole ao lado de sua mãe Valdenice, os pais das alunas ficaram emocionados com a cerimônia, que foi conduzida pela procuradora do MPT Barreiras, Carolina Ribeiro.

“É um momento muito importante, tanto para o MPT, como para a Secretaria de Educação de Barreiras, que aderiu ao Prêmio MPT na Escola e conseguiu conduzir muito bem, resultando na premiação estadual das estudantes Nicole e Sarah. Parabenizamos todas as escolas e principalmente as estudantes, reforçando que essa mobilização para a prevenção do trabalho infantil, estimulo da aprendizagem profissional dos adolescentes, segurança e saúde nas escolas e no trabalho”, disse a procuradora.

Finalizada a transmissão ao vivo para as cidades de Barreiras, Itabuna e Juazeiro, a subsecretária de educação Cátia Alencar agradeceu a oportunidade de adesão das escolas municipais e a iniciativa do MPT.

“Vivenciamos com nossos estudantes uma experiência única, com essa proposta do MPT de abordar temas ligados a trabalho e cidadania. Esse debate sobre o trabalho infantil e aprendizagem profissional, proporcionou a rede municipal, incentivar nossas crianças e jovens a conhecerem seus direitos e deveres. A Secretaria de Educação agradece essa parceria e finalizamos a etapa, premiando nossas estudantes Sarah e Nicole, que são exemplos de criatividade e dedicação. Parabéns as ganhadoras, as famílias e toda gestão escolar”, finalizou a subsecretária.