1º Multishow das Escolas Multisseriadas de Barreiras proporciona um grande espetáculo com música, dança e teatro


Com a proposta de promover o envolvimento, a participação e o desenvolvimento dos estudantes de forma lúdica em atividades que oportunizam apresentar e reforçar o sentimento de pertencimento local e das relações, a Prefeitura de Barreiras, através da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer por meio da Diretoria Pedagógica, realizou durante esta quinta-feira (15), o 1º Multishow das Escolas Multisseriadas de Barreiras, no Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho.

As apresentações foram acompanhadas pela secretária e subsecretária de Educação, Gabriela Nogueira e Cátia Alencar, a diretora pedagógica, Aldeci Queiroz, coordenadora pedagógica das Escolas Multisseriadas, Lidian Beatriz e o vereador Valdimiro José, além dos pais e responsáveis. Com distâncias que chegam até 160 km da sede, professores e estudantes das unidades escolares prepararam belas apresentações, que encantaram o público presente.

“Ressaltamos aqui hoje o potencial pedagógico do multisseriamento, quando planejado, lidando com as diferenças de idade e níveis de aprendizagem nesse contexto da multissérie, que exige que o professor implemente atividades que contemplem a diversidade, e é isso que estamos fazendo aqui hoje”, destacou Lidian Beatriz. As apresentações fizeram uma retrospectiva do ano letivo e contaram histórias das escolas através da música e dança.

Abrindo as atividades, a Escola Municipal São João, fez uma apresentação ao som da música “Era uma vez”. Na sequência, a Escola Municipal Santa Rita, que fica localizada na comunidade do Assentamento Santa Rita I, apresentou a música “Vida no Campo”. Localizada a 160 km de distância, a Escola Municipal Rui Barbosa, do povoado de Placas, fez uma belíssima apresentação com a música “Sementinha”.

A estudante da Escola Municipal São João, Lara Vitória, de 5 anos e portadora de paralisia, encantou o público presente participando de uma apresentação, que chamou atenção para a educação inclusiva com a música “Pintor do Mundo”. A professora Laís de Oliveira falou sobre a realização do evento e a participação da pequena estudante. “Um diferencial, muito gratificante participar desse evento, momento em que todos os estudantes, inclusive a Lara, participaram com muita alegria. Fazer parte desse primeiro Multishow das escolas multisseriadas foi emocionante e já estamos planejando as apresentações do próximo ano”, disse. As escolas Santa Luzia (vencedora do Faeb 2022), Nossa Senhora de Fátima (Cabeceirinha), Santo Antônio (Povoado Santa Cruz) e Monteiro Lobato (Campo Erê), também deram um show nas apresentações, encerrando as atividades pela manhã.

Já a tarde, o auditório mais uma vez ficou lotado com centenas de estudantes, professores e pais, que acompanharam atentamente a cada apresentação. Os professores da Escola de Música Antoninho Sampaio abriram as atividades ao som do violão, flauta e trombone. Na sequência, a Escola Municipal Duque de Caxias, do Povoado do Bezerro, subiu ao palco e apresentou a música “Fico assim sem você”, encantando a todos. Ao som do berrante, a Escola Municipal Maria Madalena, localizada em Engenho Velho entrou no clima de rodeio, com roupas caracterizadas, animando o público presente que acompanhou a apresentação com palmas.

A secretária de Educação, Gabriela Nogueira ficou encantada com a dedicação, empenho e talento dos estudantes durante suas apresentações. “Um evento grandioso que culmina no encerramento das atividades do ano letivo nas escolas da zona rural e entra para o calendário das atividades da educação municipal. Esse é o primeiro Multishow das escolas multisseriadas de Barreiras e foi uma alegria muito grande participar desse evento, que enche nossos corações de ternura e que traz um sentimento de que estamos contribuindo para a formação integral desses pequenos”, destacou.

As escolas Camerina Dias Melo, Santo Antônio Tabua, Salustiano Ayres, Domingos, Sagrado Coração de Maria, Malha do Jatobá e Capitão Marcolino também se apresentaram trazendo através das músicas suas vivências no campo.