Prefeitura de Barreiras realiza Semana de Ações de Mobilização de combate ao vetor das arboviroses


Realizada pela Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria de Saúde, através do Centro de Controle de Zoonoses, desde segunda-feira (21), acontece em Barreiras a Semana de Ações de Mobilização contra as Arboviroses. A iniciativa visa antecipar os cuidados dos períodos de chuva e calor intenso para reduzir a infestação e a oferta de recipientes favoráveis à proliferação do Aedes aegypti, as ações seguem até o próximo sábado (26).

No decorrer da semana, os agentes de endemias estarão em campo realizando visitas domiciliares com orientação e prevenção às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, e na mobilização da população para o apoio na eliminação de qualquer possível criadouro em seus imóveis. Durante as visitas, os agentes com apoio da equipe da Secretaria de Infraestrutura e moradores estarão realizando a retirada de entulhos, resíduos e caso haja necessidade, a pulverização com as bombas de borrifação costal.

O coordenador do Centro de Controle de Zoonoses, Dorimar Almeida, salienta que a colaboração de todos, não apenas nesta Semana de Mobilização, mas permanentemente, é indispensável. “Combater o Aedes é uma tarefa coletiva e o apoio da população é imprescindível, no sentido de contribuir para a eliminação de possíveis criadouros do mosquito, uma vez que 80% dos focos são localizados dentro das residências”, lembrou.

Ele ainda explica que dentro da programação serão alcançados bairros e comunidades rurais que apresentam maior risco de proliferação, e que algumas ações simples de prevenção podem ser feitas diariamente pelos moradores.

“Pedimos que os moradores recebam nossos agentes de endemias e auxiliem no processo de eliminação de focos, buscando sempre deixar a caixa d’água bem fechada e realizar a limpeza regularmente, retirar dos quintais objetos que acumulam água, cuidar do lixo e eliminar água parada em pratos de vaso de planta. Com a colaboração de todos podemos evitar infestação pelo Aedes aegypti e prevenir casos de dengue, chikungunya e zika vírus”, disse Dorimar.

Atendimentos a casos suspeitos/confirmados

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica de Barreiras, Rosivani Libanori Fragoso orienta que ao sentir os primeiros sintomas de dengue, zika ou chikungunya, as pessoas devem buscar primeiramente o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, e após avaliação médica, serão encaminhadas para testagem no Centro de Saúde Leonídia Ayres e notificadas pela Vigilância Epidemiológica.

Programação das ações de mobilização

23/11 – BARREIRINHAS

23/11 - BR 135 PRÓXIMO FASB

23/11- TABUA ÁGUA VERMELHA

25/11- BARROCÃO DE BAIXO

25/11 - VILA DOS FUNCIONÁRIOS

24 e 25/11- SÃO MIGUEL

25/11 - VILA BRASIL