Aneel estima aumento de 5,6% na tarifa de energia elétrica em 2023



A população brasileira deve pagar ainda mais em energia elétrica no próximo ano. Em previsão mais recente, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estima que a tarifa de energia elétrica vai subir 5,6%, em média, no próximo ano. O dado foi informado na quarta-feira, 23, ao grupo de Minas e Energia do governo de transição do governo Lula.

A análise aponta também, que o impacto vai variar conforme cada distribuidora de energia. De acordo com a Aneel, sete distribuidoras devem ter reajuste superior a 10%, 15 distribuidoras com reajuste entre 5% e 10%, 17 distribuidoras devem ter reajuste entre 0% e 5% e 13 distribuidoras devem ter reajuste inferior a 0%.

A variação acontece por conta dos devido aos custos de compra, transmissão e distribuição de energia, que variam conforme cada distribuidora. Além disso, Aa Aneel destacou que os percentuais de reajuste são estimativas, que podem mudar até a homologação dos novos índices tarifários.

Neste ano, o reajuste da tarifa de energia para os consumidores residenciais está, em média, em 10,83%, segundo os dados mais recentes da Aneel. O reajuste seguiu a variação do índice da inflação oficial. Os consumidores do Norte, Centro-Oeste e Nordeste tem pagado mais caro por energia elétrica.

Portal a Tarde