Incêndio criminoso é registrado no lixão de Luís Eduardo Magalhães


Na noite dessa quinta-feira, 20, a população de Luís Eduardo Magalhães foi surpreendida por mais um incêndio criminoso no lixão da cidade. Moradores do bairro São José mais uma vez foram os maiores prejudicados, em função da proximidade do local.

Segundo o secretário de Infraestrutura, Franklin Willer, “a nossa equipe trabalhou a noite inteira para conseguir controlar o fogo. Ainda existem pequenos focos que também estão sendo apagados”.

Às vésperas de ser desativado, após mais de vinte anos de existência, esse grande depósito de lixo, deixado pelas antigas gestões, sempre foi alvo desse tipo de crime. Um vídeo que circula pelas redes sociais, um homem diz que “(...) tocaram fogo lá dentro, só que lá atrás. Não tive como apagar sem água”.

Aterro será entregue dia 15 de novembro

O compromisso com a desativação do lixão, em no máximo dois anos de governo, foi feito ainda durante o período eleitoral pelo atual prefeito. Uma ordem de serviço para construção do Aterro Sanitário de Luís Eduardo Magalhães foi assinada no dia 28 de janeiro, no bairro Parque São José. O início das operações do Aterro será no dia 15 de novembro 2022.

O Aterro, que está 95% das suas obras concluídas, ocupa uma área a 18 km do centro da cidade e recebe um investimento de mais de R$ 20 milhões. Estão inclusos a construção do aterro, a instalação de ecopontos e a melhoria da estrada de acesso à Central de Gerenciamento de Resíduos.

Fonte - Ascom/Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães