Torcedor do Flamengo tem prisão decretada após assediar repórter ao vivo


O torcedor do Flamengo que assediou a repórter Jéssica Dias, da ESPN, nesta quarta-feira (7), teve a prisão decretada em audiência de custódia no Juizado Especial Criminal, que ocorreu no estádio. Ele foi encaminhado para a 19ª DP, na Tijuca.

O caso aconteceu antes do jogo do Flamengo contra o Vélez Sarsfield, em frente ao Maracanã. A repórter fazia uma entrada ao vivo quando o torcedor deu um beijo no rosto dela, sem autorização.

O Flamengo repudiou a atitude do rubro-negro e advogados do clube acompanharam o caso para dar suporte a Jéssica. O nome do homem ainda não foi divulgado.

A decisão pela prisão preventiva foi feita pelo juiz Antônio Aurélio. Nesta quinta (8), o torcedor será levado para uma audiência em alguma unidade da Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP). Se mantida a prisão, ele será transferido para um presídio.