Defensoria Pública apresenta aos servidores da Secretaria de Assistência Social os serviços oferecidos em Barreiras


Com o objetivo de estreitar a parceria intersetorial entre a Secretaria de Assistência Social e Trabalho de Barreiras com a 8ª Defensoria Pública da Bahia, foi realizado nesta quarta-feira, 31, um encontro com os servidores que atendem nos seis Centros de Referência em Assistência Social (CRAS), Centro POP, Centro de Atendimento à Mulher (CRAM) e Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), para apresentar todos os atendimentos e serviços gratuitos de defesa aos cidadãos em situação de vulnerabilidade social.

A reunião aconteceu no auditório João de Biriba, na Escola Municipal Mirandolina Ribeiro Macêdo, em Barreirinhas. A diretora municipal da proteção social básica, Thais Ribeiro, fez a abertura agradecendo a participação das equipes dos CRAS, CREAS, CRAM e Centro POP, evidenciando a importância de conhecer a atuação dos defensores públicos.

“Esse é um momento de interagir, conhecer mais detalhes e compartilhar experiências vivenciadas em nossos equipamentos socioassistenciais. Sabemos que somos a porta de entrada do atendimento social, e com esse estreitamento da parceria com a Defensoria, poderemos orientar melhor nossos demandatários”, disse a diretora Thais.

A palestra foi mediada pela Defensora Pública Dra. Laís Daniela Nunes Campos Sambüc, que apresentou um vídeo informativo sobre a Defensoria Pública da Bahia, explicando que não se restringe somente à representação em processos judiciais. O atendimento jurídico feito pelos defensores é amplo, incluindo desde simples orientações e esclarecimentos até conciliações e também a atuação em âmbito administrativo e extrajudicial em geral.

“Cada um de vocês conhece os demandatários e famílias que precisam e podem sim, levar informações sobre toda assistência jurídica integral e gratuita da Defensoria, para aquelas pessoas que não têm condições de pagar um advogado. Oferecemos defesa e orientação jurídica, visando, com a promoção do exercício da cidadania, da democracia e dos direitos humanos, a inclusão social e o desenvolvimento humano”, resumiu a defensora Laís.

Durante a apresentação ainda foram especificados os serviços oferecidos na 8ª Defensoria Pública Regional Barreiras, que atua na área cível, consumidor, criança e adolescente, crime e execução penal, curadoria especial, direitos humanos e itinerantes, família, fazenda pública, juizados especiais, pessoa idosa e violência doméstica.

Onde procurar atendimento: Em dias úteis, com a pandemia causada pelo novo coronavírus, a Defensoria adotou o atendimento remoto que pode ser feito através de quatro canais, sendo: Disque Defensoria - ligação gratuita de todo o Estado para os telefones 129 ou 0800 071 3121, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17h; Agendamento Online - acesso através do site agenda.defensoria.ba.def.br e preenchimento do cadastro; pelo Aplicativo - é necessário fazer o download do aplicativo móvel ‘Defensoria Pública BA’ e realizar o cadastro; e pelas Redes sociais: Instagram e Facebook.