Equalização do ICMS do milho na Bahia é mais uma vitória para o setor produtivo


Uma demanda antiga dos produtores do Oeste Baiano, que teve solução recente, foi a equalização da carga tributária do milho na Bahia, de 12% para 2%, como consta no decreto estadual nº 20.578. A notícia, publicada em 06 de julho de 2021, foi comemorada pelos produtores, que passaram a competir, em condição de igualdade, com estados vizinhos, em relação ao imposto cobrado na comercialização do cereal produzido na região.

O assunto ganhou maior celeridade após a realização de um seminário, específico sobre o tema, na sede da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), em janeiro de 2021, com a presença de produtores rurais, empresários e representantes do Governo Estadual. Posteriormente, a temática esteve com frequência na pauta da entidade com o Governo do Estado, o qual atendeu a demanda em junho do mesmo ano, fazendo desta, mais uma vitória do setor produtivo.

Confira matéria acessando o link https://aiba.org.br/noticias/governo-esclarece-em-parecer-tecnico-duvidas-da-aiba-sobre-o-novo-icms-do-milho/

Ascom Aiba