Em Barreiras, volta às aulas inicia com testagem para alunos e profissionais da educação contra a Covid-19


O retorno para o segundo semestre letivo teve início no dia 27 de junho, em Barreiras. Com ele, a preocupação da Secretaria Municipal de Educação com a saúde de alunos e profissionais que atuam nas escolas. A partir desta terça-feira (5), o projeto Partiu Testagem será retomado, levando testes de Covid-19 para a comunidade escolar. A iniciativa é uma parceria da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) com a Prefeitura de Barreiras, por meio da Vigilância Epidemiológica (Viep).

A primeira escola a ser visitada será a Octávio Mangabeira, no Loteamento Rio Grande. “Vamos iniciar pelas escolas maiores, e a medida que formos recebendo os testes, vamos ampliando a realização, suspensa no recesso escolar. Nossa meta é testar todos os alunos, professores e funcionários, anteriormente tínhamos por objetivo realizar os testes em 20% do público, porém, identificamos muitos alunos com os sintomas da Covid, então, vamos ampliar a cobertura, considerando o número de testes que serão entregues em Barreiras”, explica a coordenadora da Viep, Doracir Madalena.

Na terça-feira (5) e quinta-feira (7), durante os três turnos escolares a equipe da Viep estará atendendo o público da Octávio Mangabeira, após concluir a testagem, a próxima escola contemplada será a Celso Barbosa, na Morada da Lua. O programa é destinado a estudantes a partir de 12 anos de idade e busca identificar, monitorar e isolar casos da Covid-19 na comunidade escolar por meio de testes PCR Antígeno. As amostras serão encaminhadas ao Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen/BA).

“Estamos, mais uma vez, aderindo ao Partiu Testagem porque entendemos a importância de assegurar saúde e segurança para nossos estudantes, professores e demais profissionais da educação. Barreiras possui hoje mais de 25 mil estudantes do ensino fundamental e da educação infantil, matriculados nas 72 unidades escolares, na sede e zona rural, vamos proporcionar a testagem ao maior número possível, conforme os testes forem chegando”, diz a secretária de Educação, Gabriela Nogueira.