Secretaria de Saúde de Barreiras comemora, com pacientes, o mês da fibromialgia

Nesta segunda-feira (28), os pacientes portadores de fibromialgia atendidos pela equipe do Centro de Saúde Leonídia Ayres de Almeida foram recebidos com muita descontração na unidade de saúde. Uma roda de conversa, aula de alongamento e um baile de carnaval celebraram o mês da fibromialgia, uma síndrome comum em que a pessoa sente dores por todo o corpo durante longos períodos, com sensibilidade nas articulações, músculos, tendões e em outros tecidos moles.

“Foi muito gratificante ver o quanto os pacientes do grupo se alegraram com o momento”, destacou a coordenadora do Leonídia Ayres, Danielly Oliveira. Ela ressaltou ainda que os atendimentos são realizados de segunda a sexta-feira e entre outros aspectos buscam melhorar as condições de vida dos pacientes, uma vez que a fibromialgia está diretamente ligada à fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça, depressão e ansiedade.

A equipe multiprofissional composta por educadora física, fisioterapeuta e médicos é responsável por repassar orientações individuais em consultórios, atendimentos compartilhados, práticas corporais e rodas de conversas. O evento na manhã desta segunda-feira encerrou o mês de fevereiro, dedicado à síndrome. O plano terapêutico desenvolvido pela equipe do ambulatório de fibromialgia mantém um acompanhamento dinâmico com foco na melhor qualidade de vida do paciente.

Fevereiro Roxo – Além da fibromialgia, fevereiro é também o mês que chama atenção para o lúpus e o Alzheimer, que, apesar de serem doenças diferentes, possuem dois pontos em comum: são doenças crônicas e incuráveis. Para lembrar e conscientizar a população sobre as três enfermidades, foi criada a Campanha Fevereiro Roxo. A iniciativa visa identificar as doenças ainda na fase inicial, para que seus sintomas sejam controlados ou retardados, oferecendo melhor qualidade de vida aos pacientes.

Dircom - Prefeitura de Barreiras