Rede Municipal de Ensino inicia ano letivo de forma presencial, em Barreiras

Cumprindo com todos os protocolos de biossegurança contra a Covid-19, a Prefeitura de Barreiras, através da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, iniciou nesta segunda-feira, 07, às aulas de forma presencial em Barreiras. Aproximadamente 24 mil estudantes do ensino fundamental e da educação infantil, matriculados nas 77 unidades escolares, na sede e zona rural, retornaram às salas de aula.

Muitos pais acompanharam o primeiro dia de aula na rede municipal de ensino, como a Ana Silva, mãe da pequena Janaina do primeiro ano do ensino fundamental. “Hoje eu vim trazer minha filha para o primeiro dia de aula. Estou muito feliz com a receptividade e cuidados já no acesso à escola, com a exigência do cumprimento dos protocolos como a utilização da máscara e álcool em gel. Isso me deixa mais tranquilizada, como mãe, e me sinto ainda mais segura em trazer a minha filha todos os dias para a escola”, disse.

E quem também estava animada para conhecer os novos colegas e os professores, foi Heloíse Castro, de 8 anos, “eu estou muito feliz e estava com muita saudades da escola, que bom que as aulas começaram”, falou a estudante do ensino fundamental.

Vale ressaltar que todos os protocolos serão seguidos nas escolas, desde o transporte escolar até o encerramento de cada dia de aula e, a secretária de Educação, Gabriela Nogueira, acompanhada da diretora pedagógica Aldeci Queiroz, do presidente da Câmara de Vereadores, Otoniel Teixeira e do vereador Hipólito dos Passos, esteve acompanhando o retorno das aulas e realizando visitas nas salas da Escola Municipal Mirandolina Ribeiro Macêdo, em Barreirinhas.

"É com muita alegria que a Secretaria de Educação de Barreiras inicia o ano letivo de 2022. Esse é um momento muito especial, uma vez que ficamos no ano passado intercalando com aulas remotas, foi um processo desafiador e com muita dedicação de toda equipe esse momento foi superado. Com esse avanço da imunização tanto dos professores, jovens e agora as crianças, estamos motivados para que esse retorno seja permanente”, destacou a secretária.