Empresários de Barreiras conhecem tecnologia da Indústria 4.0


Por Silvania Costa com informações da Dircom/PMB 


Durante três dias, equipes do Sebrae e Senai/Cimatec ficaram à disposição para apresentar aos empresários de Barreiras, Oeste da Bahia, os conceitos da Indústria 4.0, destacando as vantagens de trabalhar com tecnologia avançada para aumentar a produtividade, a competividade e os lucros. Entre os últimos dias 16 e 18, foi realizado um workshop gratuito, complementado com visitas a empresas da região.

Os empresários receberam orientações sobre como implantar a Indústria 4.0, conhecida como a 4ª Revolução Industrial, uma vez que a aplicação dos conceitos na prática busca mudar todo o sistema de automação e a troca de dados das empresas, além de aprimorar as etapas de produção e o modelo de negócios.

“A visita aos empresários é uma ação rotineira do atendimento Sebrae. Entendemos a importância de estarmos próximos e conhecermos suas necessidades para melhor atendê-los. Durante essa semana, as visitas tiveram o foco em inovação, acesso a crédito e políticas públicas”, explicou Adriana Morais, gerente regional do Sebrae em Barreiras.

Os temas ligados à inovação foram tratados pelo Senai/Cimatec. Já na parte de crédito, as orientações vieram a partir da parceria com o Núcleo de Acesso ao Crédito. Na temática de políticas públicas, o workshop contou com a presença de Roberto Carvalho, Secretário de Indústria, Comércio e Turismo de Barreira.

Os empresários conheceram o passo a passo de como chegar à Industria 4.0, que promove transformação digital e melhora o desempenho das tarefas com a disponibilidade de informações em tempo real, o que facilita a tomada de decisão. Eles foram orientados também sobre a consultoria Lean Manufacturing, trabalhada pelo Senai/Cimatec para elevar a empresa ao patamar da Industria 4.0. Trata-se de uma metodologia baseada na otimização dos processos, que garante menos desperdício, maior produtividade e lucratividade, organização necessária para evoluir nas etapas para a implantação das novas tecnologias voltadas para a digitalização e conectividade.

Uma das empresas visitadas foi a Tutto Bianco, que confecciona uniformes e já passou por duas consultorias Lean Manufacturing. Entre os principais resultados alcançados estão a transformação da cultura e da mentalidade relacionadas à condução dos processos de produção. Para o empresário Ricardo Scartazzini, a metodologia possibilitou que ele passasse a conhecer mais a empresa e a se preparar para novas tecnologias.

“São vários tipos de programas dentro da transformação Lean e, de modo especial, eu acho que hoje a gente fala muito na tecnologia da Indústria 4.0 e nós não estamos necessariamente preparados, porque antes de implementar tem que vir a organização, para trazer outros investimentos e melhorar nosso chão de fábrica”, explica o empresário.

Ele conta que registrou uma melhora após a implementação da tecnologia. “Trabalhamos também a criação do novo layout da planta nova da empresa. Na última transformação Lean nós estávamos numa planta de 600 metros quadrados, hoje estamos em uma de 1800, e tudo foi feito baseado na consultoria que realmente nos abriu os olhos a muita coisa, a muitas melhorias que a gente precisava fazer. A melhoria deve ser constante” disse.

Ricardo Scartazzini fez as duas consultorias, contando com subsídio do Sebrae para quem deseja aplicar a metodologia Lean Manufacturing, e o mesmo está sendo oferecido para as empresas que querem implantar a Indústria 4.0. O subsídio oferecido pelo Sebrae é de até 80%, e os empresários contam com um programa que vai trabalhar a consultoria na área de otimização de processo com treinamento de gestores e capacitação de funcionários, além de melhorar desempenho e promover melhorias contínuas. Depois da organização, o treinamento passa a ser dentro do Senai para que o empresário conheça a planta 4.0 com as principais tecnologias.