Em Barreiras, Prefeitura e Embasa promovem ação para reduzir uso de sacola plástica em feira

Quem visitou a feira da Vila Rica, em Barreiras, no domingo (13), ganhou um presente que pode contribuir diretamente com o meio ambiente. A Prefeitura de Barreiras e a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) se uniram para distribuir bolsas reutilizáveis, também conhecidas como ecobags, aproveitando a ocasião para sensibilizar sobre a importância de repensar sobre o uso indiscriminado de sacolas plásticas. Durante a ação, que fez a alegria de feirantes e visitantes, as equipes conversaram sobre a importância dos 5 R's da Sustentabilidade (Repensar, Reduzir, Recusar, Reutilizar e Reciclar) e de evitar jogar qualquer tipo de resíduo sólido na rede de esgotamento sanitário.

Para Ednéia Soares, que trabalha em um açougue na feira, a ecobag que ganhou vai se juntar às outras que ela já utiliza. “É muito mais prático para levar as compras porque não rasga enquanto estamos carregando, e podemos apoiar melhor no ombro. Quem usar uma vez a de pano, não vai querer usar a de plástico”, atesta. Frequentador assíduo da feira da Vila Rica, onde mora, Cícero Sobreira de Vital, 62, fez questão de parar no espaço destinado à distribuição e parabenizar a Embasa e a Prefeitura. “Muitas vezes, uma ação simples pode gerar uma mudança de hábito das pessoas, trocando a sacola plástica pela retornável e ajudando com o meio ambiente”, afirma.

Para o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Demósthenes Júnior, a ação foi considerada um sucesso. “Estamos mais uma vez juntos com a Embasa para levar a mensagem da sustentabilidade e da qualidade de vida. Se conseguirmos que as pessoas voltem no próximo domingo com a sacola retornável, já teremos um impacto positivo para o feirante, que vai pagar por menos sacola; para quem compra, que vai carregar as compras em um sacola de qualidade; e principalmente, com o meio ambiente, com menos lixo gerado, e que a gente vê entupindo as rede de escoamento de água da chuva”, afirma.

Em conjunto com os técnicos da Prefeitura, o gerente regional da Embasa, Lucas Araújo, explica que esta mobilização direta junto à população visa contribuir diretamente com a redução do lixo, que prejudica também a rede coletora de esgotamento sanitário que a empresa opera no bairro. “Apesar de estarmos falando de uma mudança lenta de hábitos por parte da população, ficamos satisfeitos com a adesão dos feirantes e frequentadores à nossa campanha. Não é raro que as nossas redes sejam obstruídas por sacolas plásticas jogadas seja dentro ou fora do imóvel. A nossa rede é dimensionada somente para esgoto. Lixo e chuva devem ser direcionados para outros sistemas.”, afirma.


Dircom (Com informações da Ascom/Embasa)