Criança morre atropelada após perseguição policial em Luís Eduardo Magalhães

Uma menina de 8 anos morreu atropelada, na quinta-feira, 10, durante uma perseguição policial no bairro Jardim das Acácias, no município de Luis Eduardo Magalhães (distante a 956 km de Salvador), no extremo-oeste baiano. A vítima foi identificada como Maysa da Silva Abreu.

Informações preliminares apontam que um grupo de crianças brincavam na rua no momento do ocorrido. Após escutarem o barulho de sirene e tiros, as pessoas entraram para dentro de suas casas, mas Maysa foi atingida pelo veículo dos suspeitos.

De acordo com a Polícia Militar (PM-BA), o impacto fez com que o corpo de Maysa fosse arremessado a cerca de 50 metros. No carro responsável pelo atropelo, estava dois homens.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi acionada e tentou reanimá-la, mas ela não resistiu aos ferimentos.

Por conta da situação, uma viatura permaneceu no local, enquanto outra foi acionada para seguir com a ocorrência. O veículo com os suspeitos foi alcançado e, após troca de tiros, um deles foi baleado e também não resistiu aos ferimentos. O segundo indivíduo fugiu e ainda não foi localizado.

O corpo de Maysa da Silva Abreu será sepultado nesta sexta-feira, 11, em Luís Eduardo Magalhães. O caso foi registrado na delegacia territorial da cidade.

Portal a Tarde