Em Barreiras, Semana do Cerrado tem início com ações de desassoreamento no Rio Grande


Com o tema “Rio Grande, eu amo, eu cuido”, em Barreiras a Semana do Cerrado teve início nesta quarta-feira (8) com o desassoreamento de um trecho urbano do Rio, entre a Ponte Ciro Pedrosa e o Centro de Prevenção e Reabilitação de Deficiências do Oeste da Bahia (Ceproeste), que irá perfazer um perímetro de 250 metros e uma área de 3.875m2. A ação coordenada pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade tem o apoio da Secretaria de Infraestrutura e deve se estender por pelo menos 20 dias.

O maquinário da Secretaria de Infraestrutura garantirá a retirada de material do leito do rio que posteriormente será reaproveitado pela própria Secretaria. “Este cascalho servirá para a requalificação de estradas vicinais rurais. O objetivo do desassoreamento é retirar os sedimentos acumulados para que o rio fique com uma melhor qualidade e que a população valorize cada vez mais este bem, a previsão é que após a intervenção, a margem que hoje é de 45 a 50 metros fique com 60 metros”, diz a subsecretária de Meio Ambiente, Marisa Costa.

“Nossos técnicos elaboraram o projeto de desassoreamento deste trecho e validaram junto ao Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), no formato de inexigibilidade de outorga”, explica o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Demósthenes Júnior. De acordo com ele, em 2019 outros dois pontos do Rio Grande também passaram pelo processo de desassoreamento, com retirada de bancos de areia e sedimentos que se acumularam ao longo dos anos e que aos poucos foram comprometendo a vazão da água no local chamado de Baía da Guanabara.

Um mutirão de limpeza do Rio Grande e a recuperação ambiental de uma nascente no Povoado Água Branca, no Barrocão de Cima integram a proposta da Semana do Cerrado que segue até o dia 14. Após o mutirão que será realizado no sábado (11), com o apoio de barcos e mergulhadores, todo material coletado será exposto na Praça Landulfo Alves como forma de promover a sensibilização, conscientização e educação ambiental das pessoas.

Parceiros – A Semana do Cerrado conta com as parcerias da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Obras, Serviços Públicos e Transporte; Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (AIBA); Associação Baiana dos Produtores de Algodão (ABAPA); Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis ( IBAMA) através do Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PREVFOGO); o 17º Grupamento de Bombeiros Militar (17ª GBM); Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Grande (CBHRG); Associação de Pescadores; Clube Náutico e o Grupo de Mergulho Amigos da Pesca.