quarta-feira, 14 de abril de 2021

Barreiras: Cadastros que definirão beneficiários de Auxílio Municipal serão atualizados


Os detalhes para início da atualização no cadastramento das pessoas que serão contempladas pelo Programa Auxílio Barreiras para todos, da Prefeitura de Barreiras, foram discutidos durante reunião, nesta terça-feira (13), entre representantes da Comissão Especial, criada para gerenciar as ações do programa. O vice-prefeito Emerson Cardoso e a secretária de Assistência Social, Karlúcia Macêdo conduziram os trabalhos, que, dentre outras ações, avaliaram o sistema de cadastramento e o formulário que será utilizado.

O Programa “Auxílio Barreiras para todos: acolher pessoas é promover cidadania” foi lançado pelo prefeito Zito Barbosa no dia 31 de março passado, que foi aprovado pela Câmara Municipal, transformou-se na Lei n° 1.470, com objetivo de garantir a disponibilidade de uma renda mínima às famílias que estão inseridas nos segmentos mais afetados pela pandemia do Coronavírus no município.

No Diário Oficial de sexta-feira, 09 de abril, foi publicado o Decreto nº 110, que estabeleceu a definição de famílias vulneráveis já cadastrados pelos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), que terão seus cadastros validados para fins de benefícios do Programa. A integra do Decreto pode ser conferido no link: https://www.barreiras.ba.gov.br/diario/pdf/2021/diario3415.pdd.

Agora, a Comissão Especial se debruça para deixar tudo pronto e anunciar as datas de início da atualização nos cadastros e inserção dos dados bancários para aqueles que serão beneficiados, conforme lista que será publicada no Diário Oficial do Município. “Nesse momento estamos trabalhando de forma intensa na atualização dos cadastros para que possamos alcançar o maior número possível de pessoas em situação de vulnerabidade social. Findando essa etapa divulgaremos no diário oficial a lista dos beneficiados para que possam entrar no site da prefeitura e solicitar o recurso” disse o vice-prefeito, Emerson Cardoso.

O benefício será pago em quatro parcelas de R$ 200 durante os meses de abril, maio, junho e julho, alcançando mais de cinco mil famílias de feirantes, mototaxistas, produtores culturais, garçons, ambulantes, taxistas, recicladores, motoristas de vans escolares e famílias vulneráveis cadastrados pelos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS).

Comente aqui!


Atenção!
Você é responsável pelo seu comentário.
Obrigado.
EmoticonEmoticon