quinta-feira, 4 de março de 2021

Luís Eduardo Magalhães é o 1º município do Oeste a aderir consórcio para compra de vacinas


O prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Junior Marabá aderiu ao consórcio articulado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), para a compra de vacinas contra a covid-19. O município é o primeiro do Oeste baiano a fazer parte do projeto.

Para o prefeito Junior Marabá, todo esforço é valido, no sentido de acelerar a cobertura vacinal. “O nosso grande objetivo é cuidar da população de Luís Eduardo Magalhães e vimos esse consórcio como uma grande oportunidade de aumentar a cobertura vacinal no nosso município. Todas as nossas ações são articuladas, visando o bem-estar e cuidado com a nossa gente. Com mais pessoas vacinadas, mais rapidamente a situação volta ao normal e é isso que esperamos”, contou.

Como deve funcionar

De acordo com o presidente da entidade, Jonas Donizete, o primeiro caminho é conseguir um financiamento do próprio Governo Federal através de organismos internacionais, como a União Europeia.

"A prefeitura não vai desembolsar nenhum valor. A FNP está fazendo toda estruturação jurídica desse consórcio. O prefeito precisa fazer a simples adesão. E o prazo para estarmos aptos a comprar a vacina é 22 de março. Vários prefeitos estão fazendo contato com farmacêuticas. Para o próximo mês, esperamos que 10 vacinas estejam aprovadas no mundo. Esperamos que estejam também no Brasil", disse Donizete em entrevista à CNN Brasil.

Ascom/Prefeitura de Luis Eduardo Magalhães

Comente aqui!


Atenção!
Você é responsável pelo seu comentário.
Obrigado.
EmoticonEmoticon