segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Vigilância Sanitária de Santa Rita fiscaliza o comércio local



A equipe técnica da Vigilância Sanitária de Santa Rita de Cássia, no cumprimento de suas atribuições tem desempenhado um papel importante em todo o município, atuando no cumprimento de atividades rotineiras, tais como autorização do funcionamento de estabelecimentos, realização de inspeção e fiscalização, denúncias, além de licenciamento para empresas que trabalham com produtos sujeitos à Vigilância Sanitária, entre outras atribuições.

Devido ao período pandêmico, a Vigilância Sanitária tem realizado ações em combate ao Coronavírus, para fazer cumprir os protocolos de prevenção como o uso da máscara e álcool em gel nos comércios, o distanciamento social e o monitoramento da quantidade de clientes no interior dos comércios.

De acordo com a coordenadora da Vigilância, Maiana Amaral, o decreto nº 08 de 11 de fevereiro de 2021, proibiu festas públicas e particulares com mais de 20 pessoas no período que aconteceria o carnaval. Para intensificar a medida preventiva, também foram realizadas fiscalizações em conjunto com a Polícia Militar e a Guarda Municipal. Algumas aglomerações foram identificadas em bares e no rio, sendo resolvidas com uma conversa e o desligamento do som automotivo.

Ainda na tentativa de evitar aglomerações, a Guarda Municipal fez uma barreira proibindo a entrada de veículos no Parque do Povo. “Continuamos fazendo fiscalização inclusive na zona rural para impedir a realização de campeonatos de futebol e festas clandestinas”, pontuou a coordenadora.

Outra ação da equipe da Vigilância Sanitária é a inspeção de mais de 130 estabelecimentos entre farmácias, supermercados, mercadinhos, salões de beleza, açougues, bares, distribuidoras, lojas de cosméticos e consultórios odontológicos.

“As infrações mais encontradas são produtos com data de vencimento expirado, no total tivemos mais de 1.230 itens apreendidos que ficarão na vigilância por 15 dias e depois serão encaminhados para incineração no lixão. Além da falta de extintor e falta do alvará de funcionamento”, afirmou Maiana Amaral.

As denúncias podem ser feitas diretamente na Vigilância Sanitária preservando o anonimato do denunciante.


PREFEITURA DE SANTA RITA DE CÁSSIA
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Comente aqui!


Atenção!
Você é responsável pelo seu comentário.
Obrigado.
EmoticonEmoticon