quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

PIB do Brasil cresce 7,7% no 3º trimestre, mas não compensa perdas com pandemia



O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu 7,7% no 3º trimestre, na comparação com os três meses imediatamente anteriores, de acordo com dados divulgados hoje (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado confirma a saída do país da chamada "recessão técnica".

Segundo o IBGE, a variação é a maior desde o início da série em 1996, mas ainda é insuficiente para recuperar as perdas provocadas pela pandemia. "Com o resultado, a economia do país se encontra no mesmo patamar de 2017, com uma perda acumulada de 5% de janeiro a setembro, em relação ao mesmo período de 2019", informou o instituto.

A pandemia de coronavírus provocou o colapso do PIB no 1º trimestre (-1,5%) e no 2º trimestre (-9,6%), o que mergulhou o país em uma nova crise e levou a um desemprego recorde.

O setor com melhor resultado foi a indústria de transformação, que teve um crescimento de 23,7% após tombo de 19,1% no segundo trimestre e conseguiu voltar ao nível do primeiro trimestre. Outro segmento com forte recuperação foi o comércio, que teve crescimento de 15,9%, revertendo a queda de 13,7% no trimestre anterior.


Metro1

Deixe aqui o seu comentário!


Atenção! Você responsável pelo seu comentário.
EmoticonEmoticon