terça-feira, 22 de setembro de 2020

UNIFASB promove live com diretor de novela da Rede Globo



O reconhecido diretor de televisão, Hugo de Sousa, referência no trabalho em televisão e teatro foi a atração de uma live realizada na noite da sexta-feira (18) e que reuniu centenas de espectadores durante o evento de iniciativa do curso de Produção Audiovisual, do UNIFASB. Além de falar sobre sua trajetória profissional, Hugo de Sousa abordou seus atuais trabalhos com novelas brasileiras na Rede Globo, a exemplo de “Orgulho e Paixão e Salve-se Quem Puder” e relacionou a dinâmica da profissão em tempos de pandemia.

Mediada pelos professores Marden Lucena, Vandré Vilela e José Carlos, a live coincidiu com a data em que a televisão brasileira completou 70 anos, e ficou registrada pela iniciativa do UNIFASB em levar mais conhecimento sobre o tema, tanto para acadêmicos quanto aos demais participantes. “É preciso contar uma boa história e ter alguém que queira escutar. Por isso a importância de existir cursos acadêmicos nesta área”, destacou o assessor especial da instituição e professor, Marden Lucena. Ele pontuou ainda a importância da telenovela para a cultura latina, em especial a brasileira, evidenciando a dramaturgia como uma arte, por isso da valorização.

O evento foi marcado pela interação. Hugo de Sousa respondeu perguntas, deu detalhes sobre a evolução da televisão no Brasil e destacou os produtos de comunicação aqui produzidos e exportados para Europa. “Em Portugal apenas nos anos 90 a telenovela passou a ser difundida nos veículos de comunicação, enquanto aqui no Brasil na década de 50 já existiam telenovelas em rede pública e isso forma bons autores. Com boas histórias podemos dirigir um grande espetáculo”, comentou o diretor.

Ao falar sobre o andamento das gravações das novelas em tempos de pandemia, em especial “Salve-se quem puder”, revelou que estão acontecendo de maneira estratégica e obedecendo as medidas de segurança. “Tudo está sendo modificado, desde os atores até os olhares das câmeras. O autor quer sentimento e isso requer proximidade. Está sendo desafiador os ângulos, as distâncias e muitas adaptações estão sendo feitas para as gravações continuarem”, afirmou. Ao final, abordou temas atuais, como as dificuldades de empresas de comunicação em enfrentar a crise econômica ao mesmo tempo que precisam entregar um produto com qualidade excelente, no caso, as telenovelas brasileiras.



Araticum Comunicação

Deixe aqui o seu comentário!


Atenção! Você responsável pelo seu comentário.
EmoticonEmoticon

Vamos Produzir?

Curta a página Hailton Pereira no Facebook!


Clique no botão CURTIR.