quarta-feira, 10 de junho de 2020

Em Barreiras, pesquisa do Ibope não identifica avanço da Covid-19


Duas das três etapas da pesquisa de campo feita pelo Instituto Ibope Inteligência, sob a coordenação da Universidade Federal de Pelotas UFPel, foram realizadas em Barreiras nos meses de maio e junho. Neste período, foram coletadas 500 amostras em 25 bairros da cidade, em residências selecionadas de modo aleatório e em nenhuma delas o resultado identificou casos positivo para o novo coronavírus.

As amostras foram coletadas de forma espontânea por meio de teste sanguíneo rápido que utiliza metodologia por punção digital (uma picadinha na ponta do dedo). Ao término da pesquisa, 99.750 brasileiros terão sido testados, em 133 municípios.

A Prefeitura de Barreiras atuou em parceria com o Instituto, oferecendo a logística de transporte, apoio de profissionais de saúde, fornecimento de insumos e testagem dos entrevistadores antes das atividades de rua. Segundo o secretário municipal de saúde, Anderson Vian, a pesquisa ajuda no embasamento das medidas de prevenção e controle que estão sendo adotadas pela administração.

“As testagens feitas pelo Ibope Inteligência integram as nossas análises do quadro epidemiológico de Barreiras. Este incremento de informações nos ajuda a entender o comportamento da Covid-19, somado aos resultados que obtemos dos laboratórios que atuam em parceria com a rede. Felizmente não registramos nenhum novo caso via Instituto Ibope, mas seguiremos analisando diariamente tudo que ocorre com o apoio do Comitê de Operações de Emergência em Saúde Pública – COE”, destacou Vian.

Em cerca de 30 dias, Barreiras receberá a nova etapa da pesquisa mantendo o mesmo quantitativo de testagens, além da coleta de informações em forma de entrevista. Caso seja identificado nas residências caso positivo da Covid-19, a testagem será estendida aos demais residentes.








DIRCOM / PREFEITURA DE BARREIRAS

Deixe aqui o seu comentário!


Atenção! Você responsável pelo seu comentário.
EmoticonEmoticon

Vamos Produzir?

Curta a página Hailton Pereira no Facebook!


Clique no botão CURTIR.