sexta-feira, 15 de maio de 2020

Bom Jesus da Lapa: Prefeito decide proibir entrada de vendedores ambulantes na cidade


O prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro (PSD), decidiu tomar novas medidas preventivas contra a Covid-19 nesta quarta-feira (13), após a primeira morte em decorrência da doença na cidade vizinha Santa Maria da Vitória: um decreto proibindo a entrada de vendedores ambulantes no município.

Em um áudio divulgado nas redes sociais, Eures explicou as suas motivações. “O pessoal do Ceará, que todos os anos vem pra nossa região para poder comercializar, mascatear, e vender as redes nos braços de porta em porta, pra ganhar com dignidade o seu pão de sua família, o seu sustento, estão vindo para cá de uma área extremamente contaminada”, disse.

“Esse não é o momento da gente ficar para cima e para baixo. É o momento da gente aquietar em nossa casa, no nosso lar. A gente vai buscar renda e lucro e acaba encontrando a morte. E esse mascate acabou morrendo por coronavírus lá no hospital de Santa Maria da Vitória. O primeiro óbito, imagina? É o primeiro óbito por coronavírus”, alertou o prefeito lapense.

Ribeiro frisou, que os mascates que vem de outros estados para a região precisam ser proibidos de entrar nas cidades para evitar a contaminação. “Não venham, porque vocês não vão entrar. Não venha! Porque onde vocês estiverem, nós vamos prender toda a mercadoria de vocês”, ameaçou.

O prefeito disse que havia um grupo de mascates em uma casa alugada na cidade e que ele mandou uma equipe de saúde até o local para testar todo mundo. Além disso, um carro do município vai ser colocado à disposição, para que os mesmos desocupem Bom Jesus da Lapa. “Agora não é hora de comércio, agora é hora de saúde! Então, é bom vocês, mascates, preservarem a vida de vocês”, afirmou.

Por fim, Eures disse que Bom Jesus da Lapa não tem romeiros nas ruas, devido à pandemia, não havendo motivos para os vendedores virem para cidade. “Vão acabar perdendo a vida, como aconteceu com esse mascate que veio para a região de Santa Maria da Vitória e morreu de coronavírus”.


Primeiro óbito na região


O paciente tinha 45 anos, era vendedor ambulante, natural de Juazeiro do Norte, no Ceará. Ele estava na região há quatro dias, hospedado em uma casa em São Félix do Coribe, dando entrada no Hospital Municipal José Borba, em Santa Maria da Vitória, na segunda-feira (11), depois de ser atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com quadro de insuficiência respiratória. Ele faleceu em menos de 24 horas depois da entrada na unidade hospitalar.

BAHIA NOTICA

Deixe aqui o seu comentário!


Atenção! Você responsável pelo seu comentário.
EmoticonEmoticon

Vamos Produzir?

Curta a página Hailton Pereira no Facebook!


Clique no botão CURTIR.