segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Secretaria da Educação do Estado e UNEB discutem ampliação da oferta de cursos no Oeste



A Secretaria da Educação do Estado está discutindo com a Universidade do Estado da Bahia (UNEB) a implantação de novos cursos na região Oeste. A questão foi pauta da reunião, nesta sexta-feira (7), entre o secretário Jerônimo Rodrigues e o reitor da UNEB, José Bites, com a presença do prefeito do município de Santana, Marco Aurélio dos Santos Cardoso. Estão sendo analisadas as possibilidades de ofertas na modalidade EAD; a abertura de novas turmas do pré-vestibular Universidade para Todos (UPT); e a interação com a UNEB para a oferta da Educação Profissional.

O secretário Jerônimo falou sobre os benefícios da iniciativa, inclusive no que se refere à formação docente. “Esta é uma agenda entre as prefeituras e a UNEB e intermediamos e participamos por conta do interesse nosso em duas frentes e uma delas é a formação de professores. Nós queremos muito que a rede municipal e a rede estadual ganhem sempre a oportunidade de elevar o nível da graduação dos nossos professores da rede pública. Quem quiser ter uma segunda graduação, por exemplo, nós também teremos. O prefeito Marco traz, além dessa possibilidade, uma agenda produtiva, que é a formação de profissionais na área de agrárias, já que a Agricultura Familiar lá é muito forte. Então, o reitor Bites apresentou as possibilidades de parcerias e a gente vai ver como será o apoio da Secretaria. A gente sabe da autonomia da universidade e que é uma demanda das prefeituras. Mas estamos juntos porque, se houver essa expansão da oferta em Santana e nos municípios circunvizinhos, nós queremos tentar ver a implantação de um complexo integrado, que é uma unidade com Educação Básica e a Educação Superior, tendo a Educação Profissional presente”, afirmou.

O reitor da UNEB destacou o impacto das novas ofertas no Território da Bacia do Rio Corrente. “A Bacia do Rio Corrente é um dos poucos territórios onde, efetivamente, a UNEB não está presente diretamente com curso de graduação, com campus universitário. Esta é uma discussão que a gente está construindo no sentido de efetivar a oferta de algum curso de graduação que seja importante para aquele território e que venha, realmente, atender aquela comunidade. Tiramos alguns encaminhamentos e a proposta é de uma discussão com outros municípios do entorno para que possamos consolidar isto e ver, por exemplo, a possibilidade de um consórcio para que, realmente, a proposta seja viabilizada”, afirmou José Bites.

Já o prefeito de Santana, Marco Aurélio, falou sobre as expectativas a partir de agora. “Existe uma lacuna ali no Território da Bacia do Rio Corrente com relação a oferta do ensino público superior e nós estamos buscando construir isso juntamente com os municípios, a UNEB e o Governo do Estado, através da Secretaria da Educação. O secretário Jerônimo e o reitor Bites têm demonstrado muito interesse e olhado com bons olhos. Então, este é o nosso sonho e estamos perseguindo, nesse sentido, para conquistar a instalação, quer seja de curso presencial ou EAD, mas com a presença da UNEB no Território da Bacia do Rio Corrente, ofertando o ensino público superior”, enfatizou.

O encontro contou, ainda, com as presenças do chefe de gabinete da SEC, Cézar Lisboa; do superintendente de Educação Profissional, "Ezequiel Westphal; do coordenador de projetos estratégicos da SEC, Marcius Gomes; e de Marcelo Lemos, da Secretaria de Relações Institucionais da UNEB.



Deixe aqui o seu comentário!
EmoticonEmoticon

Curta nossa página no Facebook!

Vamos Produzir?