sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Em Lem, Clube Rio das Pedras filia-se ao CBC e à Fenaclubes


O Clube Rio das Pedras recebeu, oficialmente, nesta última semana, a confirmação de sua filiação junto ao Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) e à Confederação Nacional dos Clubes (Fenaclubes). A formalização do vínculo deve representar um grande avanço para gestores, atletas e, principalmente, para o esporte de Luís Eduardo Magalhães e região Oeste da Bahia.

Na prática, significa que o Clube Rio das Pedras está credenciado a participar dos editais de chamada pública para apresentação de projetos e requerer, mediante sua aprovação, a liberação de recursos junto ao CBC, à Fenaclubes e ao Ministério do Esporte, para finalidades diversas. O vínculo com as entidades possibilitará a formação e capacitação de gestores e atletas olímpicos e paralímpicos e a participação em eventos (fóruns, seminários, congressos, conferências, oficinas, painéis de debates, cursos, palestras técnicas e motivacionais, feiras, exposições, concursos, atividades de relacionamento, integração e outras formas de difusão do conhecimento) voltados à capacitação de dirigentes e colaboradores do clube.

Através de sua filiação junto às entidades, o clube também poderá viabilizar a contratação e remuneração de técnicos e equipes multidisciplinares, custear participações em competições regionais e nacionais (passagens, hospedagens e inscrições de atletas em eventos esportivos), credenciar atletas para acessar o Programa Bolsa Atleta, pleitear vagas para participação nas Olimpíadas e Paralimpíadas, adquirir materiais e equipamentos esportivos, contratar consultorias técnicas e jurídicas gratuitas, acessar exclusivamente as informações do segmento, obter defesa através de entidades oficiais da categoria e de representação nacional e, também, participar de editais para melhorias em estrutura física.

Para a presidente do Clube Rio das Pedras, a conquista representa um divisor de águas não apenas para o clube, mas principalmente aos atletas das mais diferentes modalidades e ao esporte regional. “Estamos muito felizes com esta aceitação das entidades com as quais nos filiamos. Fomos indicados pela Associação Baiana de Tênis e, na sequência, aos sermos aceitos, demos início ao processo para filiação. Foi um processo, um trabalho para o qual dedicamos grande atenção e que agora estamos começando a colher os frutos. Nossos atletas e nosso esporte viverão novos tempos. Estamos trabalhando para a formação de cidadãos e o desenvolvimento de uma sociedade esportiva, cultural, social e de lazer”, comemora Márcia Canzi.

H.Steffens Comunicação Empresarial
Heloíse Steffens

Deixe aqui o seu comentário!
EmoticonEmoticon

Curta nossa página no Facebook!

Vamos Produzir?