quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Propostas de Jusmari são incluídas na CARTA DA BAHIA, aprovada pelo Parlamento Feminista



A deputada Jusmari Oliveira teve duas propostas incluídas no documento intitulado CARTA DA BAHIA aprovado na manhã desta quinta-feira, 05 de dezembro, no Parlamento Feminista que está sendo realizado no Plenário da Assembleia Legislativa da Bahia. Jusmari propôs que 30% incidentes sobre os recursos da campanha eleitoral também incidam sobre fundo partidário e seja utilizado, prioritariamente, para a formação politica das mulheres. “Desta forma a mulher poderá ter condições de disputar em condições de igualdade com os homens e assim ter mais acesso ao parlamento e as demais instâncias de poder” disse a deputada.

A outra proposta da deputada Jusmari Oliveira, aprovada pelo Parlamento Feminista, foi a implantação de sinal de celular e internet para todos os povoados rurais da Bahia.”Eu estou aqui. Mas o meu coração está no interior com as minhas amigas mulheres do campo que deveriam participar deste belo momento mas não puderam vir e também não tem acesso a internet para ver os assuntos importantes que estão sendo debatidos aqui. Por isso é que sempre reivindico o sinal de celular e internet para todas as comunidades rurais da Bahia. Isso beneficiará muito as mulheres do campo”, disse a parlamentar, cujo discurso foi muito aplaudido pelo Plenário lotado de mulheres. Para enfatizar a dificuldade de acesso a comunicação em comunidades do interior, a deputada surpreendeu a plateia ao dizer que terá que gravar um DVD e mandar para diversos povoados para que as mulheres possam tomar conhecimento da importância da sessão realizada pelo Parlamento Feminista. O discurso sensibilizou a presidente Olivia Santana que imediatamente pediu a inclusão da pauta no documento CARTA DA BAHIA.

Jusmari frisou também que a luta é para acabar com o pensamento machista que ainda impera até mesmo entre parte das mulheres. Disse acreditar na força intelectual e espiritual da mulher e que unidas poderão promover a revolução da igualdade social para todos os seres humanos. O Parlamento Feminista da Bahia é organizado pela Comissão dos Direitos da Mulheres, deputadas, prefeitas, vereadoras e mulheres representantes dos movimentos sociais. O documento CARTA DA BAHIA contempla a luta das mulheres com foco na política e deverá ser enviado ao TSE, Câmara Federal, Senado, ONU Mulheres e PNUD. “A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher vem trabalhando com muita dedicação pelo empoderamento da mulher baiana” finalizou Jusmari.


Assessoria deputada Jusmari Oliveira

Deixe aqui o seu comentário!


Atenção! Você responsável pelo seu comentário.
EmoticonEmoticon

Vamos Produzir?

Curta a página Hailton Pereira no Facebook!


Clique no botão CURTIR.