quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Parlamentares definem data da visita ao canteiro de obras da Fiol


Os integrantes da Comissão Especial do Complexo Intermodal da Fiol, Porto Sul e Complexo Viário do Oeste (PONTE S-I) da Assembleia Legislativa (ALBA) marcaram para 21 de novembro (quinta-feira) a visita ao canteiro de obras da ferrovia em Caetité, cidade localizada a 636 km de Salvador. Durante a visita, os parlamentares vão conhecer também a mina Pedra de Ferro, da Bahia Mineração (Bamin), empresa que fez o convite para o colegiado, presidido pelo deputado Antonio Henrique Jr. (PP).

As obras da Ferrovia Oeste-Leste estão bastante adiantadas e a concessão para a iniciativa privada deve ser feita no início de 2020, conforme previsões do Governo Federal. Segundo o Ministério da Infraestrutura, o trecho conhecido como Fiol 1 está 76% realizado. São 537 km entre Ilhéus e Caetité. Os deputados inclusive poderão percorrer uma parte deste trecho da ferrovia. Já a Fiol 2, entre Caetité e Barreiras (Oeste baiano), totalizando 485 km, a proporção já construída é de 34% do total. Nessas duas partes da ferrovia, o investimento é calculado em R$ 6,4 bilhões.

A Bamin pretende fazer investimentos em bilhões de reais na construção da mina em Caetité e do terminal de embarque no Porto Sul, em Ilhéus. A empresa diz que as duas obras vão gerar 30 mil empregos diretos e indiretos e que em fase de operação, serão mais de seis mil empregos diretos nas duas localidades. Inicialmente, os integrantes da Comissão da Fiol planejaram fazer uma visita técnica ao local onde será construído o Porto Sul, em Ilhéus. Mas resolveram aguardar as desapropriações realizadas pelo governo do estado e o efetivo início das obras.

Ascom/Assembléia Legislativa da Bahia

Deixe aqui o seu comentário!
EmoticonEmoticon

Uma forma inovadora e segura de pedir seu áudio!

Uma forma inovadora e segura de pedir seu áudio!
Clique no Banner e entre no site e faça o seu cadastro!