segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Em carta, Lula recusa progressão de pena e exige desculpas da Lava Jato


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva publicou nesta segunda-feira (30) uma carta em que recusa a progressão de pena e exige desculpas da Operação Lava Jato, apontando que é necessário que os crimes e falsas acusações da operação sejam corrigidos. 

Procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato fizeram uma petição na sexta-feira (27) para que ocorra a progressão do regime fechado para o semiaberto. "Não troco minha dignidade pela minha liberdade", escreveu.

"A partir do momento que ele não reconhece a legitimidade do processo, ele não está obrigado a aceitar qualquer condição do Estado", disse o advogado da defesa, Cristiano Zanin. "Não vejo como descumprimento de decisão judicial. Ainda vamos apresentar manifestação. O que o ex-presidente nos orientou é que, diante do caráter ilegítimo do processo e da condenação, ele não aceita barganha de condições que sejam impostas a ele pelo Estado", afirmou Zanin

Metro 1.

Deixe aqui o seu comentário!
EmoticonEmoticon