domingo, 29 de setembro de 2019

Damares Alves defende aumento da licença maternidade para um ano


A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, defende a ampliação da licença maternidade remunerada. Ela considera que o ideal é um afastamento de um ano para as mães e dois ou três meses para os pais.A proposta foi feita durante entrevista a Constança Rezende, do UOL, e a Gustavo Uribe, da Folha, no programa de entrevistas conjunta dos dois veículos.

Na ocasião, Damares citou uma viagem feita a Hungria e apontou como "incrível" a metodologia de licença maternidade do país. "Por exemplo, licença maternidade na Hungria. São três anos. Olha que incrível? No primeiro ano, a mulher ganha 100% do salário. No segundo, 80%. No terceiro, 50%. Se quiser voltar ao trabalho no segundo ou no terceiro, pode voltar", respondeu aos jornalistas.

"Eu defendo mais tempo da mãe com a criança em casa. E do pai também. Essa realidade do Brasil agora ainda não é. Podemos lutar por isso? Podemos. Vamos ter resistência? Muita. Mas a gente pode trabalhar", reconheceu Damares.

Deixe aqui o seu comentário!
EmoticonEmoticon