terça-feira, 17 de setembro de 2019

Campanha "Doar faz Bem" incentiva doação de sangue em Luís Eduardo Magalhães



Começou na manhã desta terça-feira (17), a Campanha de Doação de Sangue “Doar faz Bem”, organizada pelas cooperativas Cooperfarms, Unibahia, Cooproeste, Sicredi, Cootransf (Cooperativa de Transportes de São Francisco) e COOPGNP (Cooperativa dos Transportadores de Luís Eduardo Magalhães), com total apoio da prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, com suporte institucional da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), e Clínica São Camilo.

A iniciativa faz parte do Programa Nacional Dia “C” - Dia de Cooperar e continua até o dia 20 de setembro. A doação está sendo feita no Laboratório Central (LACEN), localizado ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

“Essa é uma bela iniciativa das cooperativas e a nossa secretaria de Saúde esta à disposição para dar o suporte necessário. A simples doação de sangue pode ajudar a salvar muitas vidas, por isso a população deve ajudar nesta causa que é tão importante”, comentou o prefeito Oziel Oliveira.

O diretor geral da Fundação HEMOBA também participou da cerimônia de abertura. Ele ratificou a importância do incentivo à doação de sangue e parabenizou a sociedade civil organizada e o poder público municipal de Luís Eduardo Magalhães pela iniciativa. “Só temos a agradecer o exemplo que testemunhamos aqui e deve ser seguido por todos os municípios da Bahia”, enfatizou Fernando Araújo.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), para cada ato voluntário de doação de sangue até três vidas são salvas. O número não é considerado elevado, mas os desafios ainda são grandes, principalmente na sensibilização e fidelização de novos doadores. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, 1,8% da população doa sangue com regularidade. O percentual ainda é baixo se comparado ao índice ideal estimado pela própria OMS, que é de 3 a 5% da população.

Segundo o presidente da Cooperfarms, Marcelo Kappes, o Dia C reforça o compromisso das cooperativas por uma sociedade mais justa e com melhores oportunidades para todos. “Essa campanha de doação de sangue converge com os objetivos do cooperativismo que é unir pessoas, de estar próximo e de fazer o bem”, explicou.

Em 2018, as cooperativas organizadoras alcançaram um saldo positivo de 396 bolsas de sangue coletadas, um acréscimo de quase 50% em relação ao ano anterior. Para este ano, a meta é atingir 500 bolsas.

Os interessados em fazer a doação devem comparecer com documento oficial com foto, ter até 69 anos de idade (entre 16 e 18 incompletos precisa do acompanhamento dos pais), pesar mais de 50 Kg, estar bem alimentados, descansados e em boas condições de saúde. O cadastro dos doadores está sendo feito das 7h30 até às 15h no LACEN.

“A população de Luís Eduardo Magalhães tem a oportunidade de ajudar muitas pessoas. Doar sangue é um ato de amor e pode salvar muitas vidas”, encerrou o prefeito Oziel Oliveira.







Assessoria de Comunicação (ASCOM)
Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães/BA

Deixe aqui o seu comentário!
EmoticonEmoticon