segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Quem ganha com o sensacionalismo? Projeto de Combate ao Câncer de Mama zera fila por mamografias e garante a saúde da mulher luiseduardense!


A secretaria de Saúde de Luís Eduardo Magalhães, através do Programa Saúde da Mulher e do Projeto de Combate ao Câncer de Mama, se tornou referência no estado e é destaque absoluto no oeste baiano. O motivo: não existe fila de espera para a realização de exames de mamografia, fato inédito na Bahia.

Apenas no primeiro semestre de 2019, o município realizou 371 consultas com mastologistas especialmente contratados para o projeto e 2.090 exames de mamografia. Foram realizadas no município, 125 cirurgias específicas com encaminhamento imediato de material para biópsia.

Outras centenas de pacientes, portadoras de quadros mais delicados, foram encaminhadas para o Tratamento Fora do Domicílio (TFD), na capital, no Hospital da Mulher, no Aristides Maltez ou no Hospital do Câncer de Barretos. Importante salientar que quando há necessidade de TFD, o município arca com despesas de deslocamento e estadia da paciente e de um acompanhante.

Com o objetivo de reduzir os custos com a realização dos exames de mamografia (que são feitos em clínicas conveniadas), o prefeito Oziel Oliveira solicitou ao Governo do Estado a doação de um mamógrafo, para o patrimônio do município.

Graças ao sucesso do programa, o governador determinou ao secretário Estadual de Saúde, que enviasse o equipamento. O mamógrafo foi recebido e infelizmente, chegou avariado. O secretário municipal de Saúde, Felipe Melhem, então comunicou o problema oficialmente e espera-se, para os próximos dias, que o estado recolha o mamógrafo defeituoso e substitua-o por outro em perfeitas condições de uso.

Enquanto isso não acontece, o equipamento está guardado no almoxarifado da Secretaria de Saúde e os exames seguem acontecendo normalmente, para que a saúde da mulher luiseduardense continue recebendo os cuidados necessários, no tempo certo. Afinal, Saúde é Prioridade!

O SENSACIONALISMO
Qual é o papel de um vereador? Elaborar projetos de lei que beneficiem a comunidade, propor e cobrar ações do poder executivo e fiscalizar a utilização dos recursos públicos, correto?

Na manhã desta segunda-feira (12), o vereador Nei Vilares postou em suas redes sociais um vídeo contendo uma suposta situação de abandono de equipamentos da saúde do município, numa clara tentativa de engodo da população.

Nas imagens é possível ver com clareza que funcionários uniformizados executavam no momento da gravação, a mudança dos objetos e equipamentos para um novo almoxarifado, que agora centraliza todo o patrimônio do município no prédio do antigo Hortifruti, onde agora funciona a Secretaria de Administração e Finanças.

No vídeo é notório o esvaziamento do galpão, devido ao processo de mudança, e é possível notar também que os equipamentos da saúde foram propositalmente deixados para o final, devido à sua fragilidade. O galpão estará sendo devolvido ao locador assim que terminados os trabalhos, gerando uma economia significativa para os cofres públicos.

Diante do oportunismo ou total desinformação do edil, retornamos à pergunta: a quem pode interessar o sensacionalismo? Por que o vereador não procurou o secretário de Saúde para perguntar o que estava acontecendo? Qual o objetivo da estratégia de gravar um vídeo malicioso e postar?

Que os munícipes reflitam. As Secretarias de Saúde e de Administração e Finanças e o Gabinete do Prefeito estão à disposição de todos os vereadores e munícipes para qualquer esclarecimento.

Continuaremos trabalhando pela saúde dos luiseduardenses.


Felipe Melhem
Secretário Municipal de Saúde

Deixe aqui o seu comentário!
EmoticonEmoticon