Vereadora Silma Alves faz visita ao Centro de Atendimento à Mulher


Esta semana a vereadora Silma Alves (PRB), começou a fazer levantamento sobre uma das doenças que chamam atenção – a depressão pós-parto. Uma a cada nove mulheres sofrem com o problema. A intenção é convidar a sociedade para a discussão, já que esta situação pode causar inúmeras consequências ao vínculo da mãe com o bebê, sobretudo no que se refere ao aspecto afetivo.

A vereadora se reuniu com a coordenadora do Centro de Atendimento à Mulher (CAM), Lidiana Borges e a psicóloga Jacira Franciase, que passaram informações sobre depressão pós-parto em Barreiras. De acordo com elas, quando as mulheres são identificadas com depressão, o CAM faz o atendimento inicial, porém, a maioria não volta para dar continuidade ao tratamento, dificultando o trabalho desenvolvido pelos profissionais e o registro dos índices. Para o Centro de Atendimento à Mulher é preciso que haja interesse por parte da paciente já que a doença pode se complicar e evoluir para uma forma mais agressiva e extrema da depressão pós-parto, conhecida como psicose pós-parto.

Para a vereadora Silma Alves a depressão pós-parto é pouco tratada e não há projetos ou programas específicos que orientem as famílias. “Depressão pós-parto não é uma falha de caráter ou uma fraqueza, na grande maioria dos casos, as mães que apresentam a doença são tratadas como pessoas mimadas, temperamentais e imaturas, e o tratamento imediato pode melhorar os sintomas”, finalizou

Assessoria Câmara de Vereadores de Barreiras

COMPARTILHAR
Anterior
Proxima