A Câmara Municipal de Formosa do Rio Preto aprovou no dia 25 de junho o projeto de municipalização do Bolsa Família, de autoria da Prefeitura. O Programa é totalmente custeado pelo município e vai ajudar a complementar a renda das famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade, combatendo a fome, reduzindo as desigualdades e promovendo políticas públicas. É a Prefeitura de Formosa do Rio Preto, cada vez mais trabalhando pela nossa gente.

segunda-feira, 29 de julho de 2019

Grupo Santana Textiles implantará indústria têxtil em Luís Eduardo Magalhães


Em viagem à Salvador, o prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Oziel Oliveira, se reuniu na quinta-feira (25) com o governador da Bahia, Rui Costa e com o presidente da Santana Textiles, Raimundo Delfino. Na pauta, a confirmação da instalação da mais moderna indústria de fios de algodão do Brasil, no Centro Industrial do Cerrado (CIC).

Também participaram do encontro, a deputada estadual, Jusmari Oliveira; o deputado federal Otto Alencar Filho e Dalmary Oliveira, que acompanhará o andamento do projeto em Luís Eduardo Magalhães.

A unidade do grupo Santana Textiles que será implantada no município, terá a capacidade inicial de processar 1.700 toneladas mensais de algodão e de produzir 1.500 toneladas de fios, gerando 300 empregos diretos em Luís Eduardo Magalhães.

Para o chefe do executivo municipal, a instalação dessa empresa além de gerar centenas de vagas de emprego para os moradores, também possibilitará o surgimento de novos negócios para o município.

“Estou muito feliz com esta conquista para a nossa cidade e para o nosso povo! A vinda desta importante indústria estruturará o nosso projeto de polo têxtil para o Centro Industrial do Cerrado. O algodão que é cultivado em nossa região é de excelente qualidade e agora está chegando uma grande indústria para transformar a nossa riqueza em mais empregos, gerando crescimento e desenvolvimento para Luís Eduardo Magalhães”, comentou Oziel Oliveira.

A vinda do grupo Santana Textiles é resultado das arrojadas ações do executivo municipal, que empreende através da captação de empresas e negócios, objetivando a geração de emprego e renda para o município. O grupo, implementará o projeto do polo têxtil, com a visão de que a verticalização da cultura do algodão é a maior oportunidade para o fortalecimento do processo industrial de Luís Eduardo Magalhães.

De acordo com a deputada estadual, Jusmari Oliveira, a oferta de energia elétrica de qualidade para a instalação da empresa está garantida. Após reuniões realizadas junto à diretoria da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), a concessionária se comprometeu e assegurou aos investidores, que fornecerão energia elétrica necessária para o funcionamento do empreendimento.

Vale ressaltar, que a vinda do grupo Santana Textiles, também é fruto dos resultados positivos da implantação do Centro Industrial do Cerrado em nosso município. Criado na primeira gestão do prefeito Oziel Oliveira, somente em dois anos e sete meses, o CIC já atraiu nove novas indústrias, sendo elas: Alfa Transporte e Logística Ltda, Oeste Grãos Ltda, GW Construção e incorporação Ltda, Mauricéa Alimentos, LC Construtora e Pré-moldados, Sacaria e Empacotadora de Cereais Novim, Stipanich & Medeiros Ltda, Proten Produtos Agropecuários Ltda e agora a Santana Textiles.

Sobre a empresa - A Santana Textiles é uma das maiores empresas têxteis das Américas, que ocupa posição de destaque entre as indústrias do setor e consolida sua expertise na fabricação e no desenvolvimento de tecidos denim básicos, diferenciados e inovadores.

A qualidade Santana é garantida através de seus parques industriais de última geração, no rigoroso controle de processos e uma filosofia que valoriza e capacita seus colaboradores atendendo assim com excelência as demandas de seus clientes. Tem presença comercial em todo o Brasil através de uma das maiores equipes comerciais do país.



Assessoria de Comunicação (ASCOM)
Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães/BA

Deixe aqui o seu comentário!
EmoticonEmoticon