Escolas do Campo em Barreiras participam da 3ª edição do projeto “Arte para Reciclar”


Concentração, criatividade e preservação ambiental são as peças-chave do projeto “Arte para Reciclar”, que funciona a partir da parceria entre a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Barreiras e a Universidade Federal do Oeste da Bahia – UFOB. Em sua 3ª edição, o projeto já formou mais de 400 alunos da rede municipal de ensino, e nesta fase acompanha com visitas e oficinas as dez escolas seriadas do campo.

Na manhã de sexta-feira, 05, foi a vez dos alunos da Escola Municipal Abílio Farias da comunidade do Mucambo, de interagirem com as estagiárias da UFOB, que auxiliam no contato com os materiais recicláveis. No Laboratório de Educação Ambiental e Reciclagem, os alunos desenvolveram atividades com papel reciclado (ofícios, jornal e revistas), associadas às técnicas artísticas de recorte, colagem, montagens, painéis, desenhos e pinturas, mesclando conhecimento teórico e prático.

A coordenadora e professora acadêmica, Dra. Adriana Migliorini explica que o projeto envolve os alunos e escola desde a coleta do papel que será reciclado até a confecção de peças, como cartão, caixas de presente e convites. “Esse envolvimento interativo entre as escolas e a universidade é riquíssimo. Todos aprendem e colaboram, porque na verdade existem dois momentos, a palestra educativa na escola com os professores e alunos, sobre a preservação ambiental, descarte de resíduos e fragmentação de materiais, e esse momento da oficina com aulas práticas, onde eles aprendem a fazer o novo papel, com forma e cores diferentes”, disse a coordenadora.

A aluna Alice Fernandes, do 3º ano, ficou encantada com todo o processo de reciclagem e formação de um novo tipo de papel. E acompanhou passo a passo ao lado da servidora Naícia Kirone, que ensinou toda a técnica. “É muito legal. Pegamos uma folha de papel usada, que ia para o lixo, daí transformamos em outro papel, mais colorido e diferente, que podemos fazer cartão e brinquedos com formato de dinossauro”, destacou a aluna.

A secretária de educação, Cátia Alencar reforçou que o projeto de reciclagem tem obtido resultados positivos nas comunidades escolares, levando conscientização ambiental e geração de renda. Segundo Cátia, a expectativa é que a parceria tenha continuidade para alcançar todas as escolas da rede municipal.

“Chegamos à terceira edição com saldo positivo, envolvimento das escolas e professores e, além disso, uma nova consciência ambiental para as comunidades, porque conseguimos junto com a UFOB trabalhar temas de preservação, de aproveitamento de materiais e geração de renda, que pode ser viabilizada através dos cartões, caixas e artesanato feito com o novo papel. Já estamos na etapa final das dez escolas do campo, em breve acontecerá a formatura das turmas envolvidas e temos expectativas de dar prosseguimento ao projeto “Arte para Reciclar”, finalizou a secretária.

Na 3ª edição, participaram as escolas municipais: Adroaldo Fernandes (Cerradão), José Agostinho Porto (Baraúna), Antônio Machado (Val do Teiú), Santa Luzia (Rio de Pedras), São João (Riachinho), Manoel Rocha Filho (KM 30), Pedro Cavalcante (Barreiras Sul), Miguel Pereira Gomes (Tatu), Abílio Farias (Mucambo) e Luiz Freitas(Barrocão).


COMPARTILHAR
Anterior
Proxima