Guardas municipais de Correntina participam de curso sobre manuseio de arma de fogo


Durante três dias, guardas municipais participaram de treinamentos sobre defesa pessoal, legislação específica, procedimentos de abordagem e manuseio de arma de fogo. O curso foi realizado entre os dia 26 e 28 de abril, no Colégio Estadual de Correntina.

A capacitação foi oferecida para os guardas sindicalizados ao Sindicato do Guardas e Vigilantes Municipais do Oeste Baiano e contou com apoio da Secretaria Municipal de Trânsito e Segurança Pública. Ao todo, participaram 26 agentes de segurança de Correntina e outros cinco de Jaborandi. Para participar, os demais guardas e vigilantes, não filiados ao sindicato, teriam de pagar uma taxa de inscrição.

Na avaliação da secretária municipal de Trânsito e Segurança Pública, Bitlane Rocha, “o curso contribuiu diretamente com o aperfeiçoamento dos serviços prestados pelo guardas municipais de Correntina. Todos ganham com esse curso, não somente o guardas, mas toda população”, destacou.

Um dos principais conteúdos do curso foi sobre o uso de arma de fogo, com fundamento nas Leis 10.826/03 e 13.022/14. Além da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, que autorizou o porte de arma de fogo dentro e fora do serviço para guardas municipais de todo o Brasil.

Quatro instrutores foram responsáveis pelo curso. A parte da legislação sobre porte e posse de arma de fogo foi proferida pelo advogado Rômulo Barreto e pelo guarda municipal de Luís Eduardo Magalhães, Maece Bispo.
Já o treinamento sobre armamento, tiro e técnicas de abordagem foi feito pelo instrutor Almir Santos, da Guarda Municipal de Jacobina (BA). Márcio Alves, que é guarda municipal de Luís Eduardo Magalhães, auxiliou no curso sobre armas. O treinamento de Defesa Pessoal foi realizada na Academia Bruce Fitness pelo professor de Jiu-Jitsu, Diogo Cardoso, e pelo guarda municipal Isaldo Araújo.




Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Correntina-BA

COMPARTILHAR
Anterior
Proxima