sábado, 4 de maio de 2019

Festa Literária de Barreiras movimentará cenário cultural do oeste baiano



A riqueza das linguagens literárias e a cultura dos “Gerais” estarão em evidência em mais uma edição da Festa Literária de Barreiras – FLIB. Realizada pelo quarto ano consecutivo, o maior evento literário do oeste baiano reunirá escritores, acadêmicos, apaixonados por literatura e comunidade a fim de promover ações de divulgação e valorização da Literatura, nas modalidades escrita, oral ou midiática. A conferência de abertura será realizada no Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho, no dia 23 de maio, às 20:00h, e a programação seguirá até o dia 25.

“O público terá esse ano uma programação que permite um passeio pela cultura do oeste que também tem no seu berço o Centro Histórico de Barreiras. É com certeza também um belo presente pelo aniversário de 128 anos de emancipação da nossa cidade”, comentou Emília Moreno, subsecretária municipal de educação.

Este ano, a curadoria da FLIB optou pela utilização dos espaços públicos centrais de Barreiras para atender à diversidade da produção cultural proposta pela festa. A edição 2019 traz como tema central “Cultura dos Gerais Desaguando nas Literaturas” e terá atividades nas Praças Castro Alves, Landulfo Alves, Santa Terezinha, Coreto, Mercado Cultural Caparrosa, Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho, Escolas Municipais de Teatro e Música, além do SENAC e Igreja Santa Terezinha.

A temática foi concebida pelo Coletivo da Curadoria, com a finalidade de dar voz, visibilidade e destaque aos povos “geraizeiros” e suas culturas, reafirmando sua marca identitária, capacidade de articulação social, política e cultural. O conceito que melhor qualifica essa temática é o de Empoderamento Humano pela Cultura.

“A natureza humana é a cultura, assim, qualquer manifestação humana é a cultura em ação. Para Geertz “a cultura (...) não é apenas um ornamento da existência humana, mas uma condição essencial para ela – a principal base de sua especificidade”. A cultura é decisiva para o processo de humanização do homem, quanto o homem é decisivo para a produção de cultura. É ela que confere sentido às nossas vidas, à nossa história, às nossas lutas, às nossas ações, afinal, a todas as nossas práticas. Eis aí a importância da temática da FLIB 2019, que objetiva a expressão cultural dos “geraizeiros” do Oeste da Bahia, pela trilha da literatura”, explicou Marilde Queiroz, membro da coordenação curadora.

A FLIB é realizada pela Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, em parceria com as instituições curadoras, IFBA, UNEB, NTE 11, UFOB e Academia Barreirense de Letras – ABL.

Deixe aqui o seu comentário!
EmoticonEmoticon