Estudantes da FASB e de outras instituições aprovam programação do 17º CIC


O 17º Congresso de Iniciação Científica (CIC) da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB) foi encerrado na sexta-feira (10), consolidando sua posição de maior evento acadêmico da região oeste da Bahia. Durante três dias mais de 800 inscritos participaram de palestras e 93 minicursos, com temas que abrangem as disciplinas dos cursos oferecidos na instituição e outras de interesse geral, como: defesa pessoal, gastronomia, oratória e fotografia. A apresentação, em painéis, de 119 trabalhos científicos marcou o encerramento desta edição do Congresso.

A estudante Pamela Matos de Melo, do 7º semestre de Enfermagem da FASB falou sobre as vantagens de participar do congresso. “Eu acho o custo-benefício do CIC muito bom, porque temos a oportunidade de publicar os trabalhos a um custo baixo, isso enriquece muito o nosso currículo. Além do mais, há a comodidade de estarmos aqui na cidade em que moramos, com tantos minicursos à disposição. Outra vantagem é o conhecimento extra. Participei de um minicurso de Perícia Criminal, que pode contribuir muito com a minha formação, e isso não faz parte da grade curricular do curso”.

Isa Gardênia Santana, estudante de Fisioterapia, avaliou a própria participação no evento. “O CIC foi muito interessante para mim, principalmente na área da Fisioterapia, com minicursos cheios de novidades. Em um dos cursos tivemos até pacientes reais, o que torna o nosso aprendizado bem mais prático e realista, porque é assim que vamos atuar no mercado de trabalho. Minha avaliação é muito positiva, desperta o meu interesse pelas próximas edições”, disse.

“É a primeira vez que participo do CIC e estou bastante satisfeito. O evento me deu a oportunidade de defender o meu texto, sobre ‘a necessidade do engajamento político da comunidade universitária de Barreiras’. Os avaliadores foram bem concisos, com perguntas relevantes e objetivas. Eles levantaram os questionamentos sobre o nosso interesse em aprofundar a pesquisa. E os minicursos também foram bem aprofundados, como é o caso do que eu assisti, sobre a Reforma da Previdência. Então, saio daqui com planos de voltar no próximo ano”, disse, Caike Mendes Paiva e Cardoso, acadêmico do curso de Direito da Universidade Federal da Bahia.

O 17º CIC teve estudante que preferiu apenas apresentar trabalho, como é o caso do jovem Murilo Rodrigues Gonçalves, do 7º semestre de Ciências Contábeis da FASB, que apresentou o trabalho ‘Análise das demonstrações contábeis: Diagnóstico do clube de regatas Vasco da Gama através dos índices de liquidez e endividamento’. Alunos do ensino médio também estiveram no CIC. Amanda Gea, da Escola São José, participou do minicurso sobre defesa pessoal e oratória. “Aprendi muita coisa aqui no CIC sobre defesa pessoal e como perder o medo de falar em público. No próximo ano pretendo estar aqui novamente”, disse.

Araticum Comunicação

COMPARTILHAR
Anterior
Proxima