Pelé recebe alta após 13 dias internado e retirada de cálculo renal


Pelé recebeu alta na manhã desta segunda-feira (15), em São Paulo, depois de 13 dias internado - foram seis dias em um hospital de Paris e mais sete no Albert Einstein, zona sul da capital paulista.

O Rei do Futebol passou por um procedimento cirúrgico no último sábado (13) para a retirada de um cálculo renal. A alta foi concedida pelos médicos Fabio Nasri (geriatra e endocrinologista) e Gustavo Caserta Lemos (urologista).

Pelé, que completou 78 anos em outubro passado, foi internado no Hospital Americano, nos arredores de Paris, na última quarta-feira (3), depois de apresentar febre decorrente da infecção urinária.

A alta só aconteceu na última segunda-feira (8). No mesmo dia, Pelé disse, por meio de uma nota, que havia sofrido uma "severa infecção urinária que requisitou assistência médica e cirúrgica emergencialmente".

Na chegada ao Brasil, o ex-atleta foi encaminhado ao Albert Einstein pouco depois de desembarcar no aeroporto de Guarulhos.

Há cinco anos, Pelé passou pelo mesmo procedimento. Teve alta em 48 horas. Dez dias depois, entretanto, o Rei voltou a ser internado por causa de uma nova infecção urinária. Naquela ocasião, foram 15 dias no hospital.

A saúde de Pelé tem sido motivo de preocupação nos últimos anos. Além das duas infecções urinárias (2014 e 2019), ele fez operações na coluna (2015) e no quadril (2012 e 2016), o que atrapalha sua mobilidade.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.