quarta-feira, 17 de abril de 2019

Condenado na Lava-Jato, ex-deputado Luiz Argolo deixa prisão em Salvador



O ex-deputado federal Luiz Argolo deixou a penitenciária Lemos de Brito, no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador, nesta terça-feira (16), de acordo com o Correio. Ele foi um dos primeiros condenados da Operação Lava-Jato, a 12 anos e 8 meses de detenção.

A decisão de soltura foi assinada pelo juiz Almir Pereira de Jesus, da 2ª Vara de Execuções Penais. O ex-parlamentar estava preso desde 2015, acusado de desvios de dinheiro da Petrobras.

A defesa de Argolo buscava a autorização da liberdade condicional, após o parcelamento em 152 vezes do débito que ele tem com a Justiça, no valor de R$ 1,9 milhão. A quantia representa a soma do que ele teria desviado dos cofres da petrolífera, além de multa estabelecida em R$ 629 mil.

Na última quinta-feira (11), a juíza Carolina Lebbos, da Vara de Execução Penal de Curitiba (PR), autorizou o parcelamento do débito em 104 parcelas.

Ele ainda foi beneficiado pela remição de 505 dias do cumprimento da pena, em razão de atividades desenvolvidas dentro da penitenciária, com o fim da pena estimado para 2026.

Deixe aqui o seu comentário!
EmoticonEmoticon

Uma forma inovadora e segura de pedir seu áudio!

Uma forma inovadora e segura de pedir seu áudio!
Clique no Banner e entre no site e faça o seu cadastro!