Barreiras se destaca e fica em primeiro lugar na Bahia e quarto lugar no Brasil em realização de cirurgias pediátricas



Barreiras está entre os municípios brasileiros que mais realizaram cirurgias pediátricas durante o XII Mutirão Nacional, em 5 de maio de 2018. As equipes do Hospital Municipal Eurico Dutra, envolvidas no mutirão, operaram 14 crianças em mais de 20 cirurgias. Além disso, na ocasião foram revistos nove procedimentos de otorrinolaringologia. O primeiro lugar na Bahia e quarto lugar Nacional, conquistado pelo número de cirurgias realizadas foi comemorado pela administração municipal.

“Pela primeira vez Barreiras assume notoriedade no ranking nacional em um projeto tão grandioso, logo em sua primeira participação. O prefeito Zito Barbosa aceitou o desafio e como consequência elevamos Barreiras para o cenário nacional. Isso demonstra a seriedade da atual gestão na promoção do bem estar e da saúde da população, especialmente das nossas crianças. Importante destacar ainda o empenho dos profissionais envolvidos, que com muita competência se revezaram durante todo o dia na realização das cirurgias, a eles, nosso muito obrigado”, avalia o secretário de saúde, Anderson Vian.

De acordo com a Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica (CIPE), em todo o Brasil, no dia do mutirão foram atendidos 315 pacientes. Com a iniciativa, a entidade procura contribuir para a redução, das longas filas de espera por esse tipo de atendimento no país. “Sabemos que os mutirões da CIPE, por maiores que sejam, não resolvem o problema da saúde pública brasileira, mas, ao menos, restabelecem, em menor tempo, a qualidade de vida dos pacientes infantojuvenis operados e reduzem, ainda que momentaneamente, a espera por cirurgias pediátricas no SUS”, constata o presidente da associação, Dr. João Vicente Bassols.

As equipes de Barreiras - As equipes do mutirão envolveram os cirurgiões Angevaldo Lima e Lívia Knupp; os anestesiologistas Nelson da Silva Alex Filho e Osvaldo Macedo Junior; os enfermeiros Joelma Viana, Dayane Ozelane, Juliane Vital e Ana Paula Miranda, coordenadora de cirurgias eletivas. Também participaram da iniciativa o diretor médico Dr. Rodrigo Melo; a diretora e a assistente administrativa, respectivamente, Helena Luísa Crusoé, Claudete da Silva, e 12 técnicos em enfermagem.





Dircom/PMB

COMPARTILHAR
Anterior
Proxima