A Câmara Municipal de Formosa do Rio Preto aprovou no dia 25 de junho o projeto de municipalização do Bolsa Família, de autoria da Prefeitura. O Programa é totalmente custeado pelo município e vai ajudar a complementar a renda das famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade, combatendo a fome, reduzindo as desigualdades e promovendo políticas públicas. É a Prefeitura de Formosa do Rio Preto, cada vez mais trabalhando pela nossa gente.

terça-feira, 2 de abril de 2019

Barreiras ganhará um dos maiores parques de energia solar do Brasil





Em alta no mundo pelo baixo potencial poluidor, a energia solar tem se tornado uma das melhores alternativas para geração de energia elétrica renovável. Neste cenário promissor também no oeste baiano, Barreiras não ficou de fora e ganhará em breve um dos maiores parques de energia solar do Brasil.

Com uma gestão pautada no planejamento e que tem potencializado os vetores de desenvolvimento da cidade, a atual administração tem projetado Barreiras como cidade protagonista no cenário regional apta a receber investimentos nas mais diversas áreas. Seguindo essa tendência, na tarde dessa segunda-feira, 01, os representantes da Atlas Renewable Energy foram recebidos pelo prefeito Zito Barbosa, acompanhados também de membros da Tetra+ e Motrice, que estão envolvidas na instalação do empreendimento Sertão Solar Barreiras, para detalhar as fases de implantação do projeto no município que já está com as obras em andamento.

“Desde a época dos primeiros estudos, nós temos sido bem acolhidos por onde a gente passa, seja na prefeitura ou em outras repartições, isso só nos empolga ainda mais para fazer um bom trabalho. Barreiras entrará na vanguarda da tecnologia da energia renovável, que tem seu celeiro de produção aqui no Nordeste”, disse Manoel de Andrade, diretor de desenvolvimento e negócios da Atlas.

O Sertão Solar Barreiras já está em fase de implantação nas proximidades do Aeroporto, em uma área de cerca de 300 hectares. A expectativa é gerar 500 empregos diretos e em torno de 2.000 indiretos. A Prefeitura de Barreiras, por meio do Projeto Desenvolve Barreiras, tem oferecido o apoio necessário para agilizar os procedimentos de emissão de alvarás e licenças, para que a cidade seja beneficiada o mais breve possível com o funcionamento do parque.

“Estamos em uma região de produção agrícola, em expansão na área de irrigação e industrialização, esse investimento chega aqui em boa hora para reforçar a oferta de energia em nossa região. Além de alavancar o comércio, a geração de emprego e renda, a arrecadação municipal também ganhará com o funcionamento do parque por meio de impostos como o ICMS e royalties”, comentou Zito Barbosa.

No gabinete do prefeito, secretários municipais, vereadores e imprensa, acompanharam uma breve apresentação sobre as operações da empresa Atlas, que investe e opera ativos de energia com foco em toda a América Latina e no Brasil. Na Bahia, já estão funcionando as plantas fotovoltaicas de Juazeiro e Bom Jesus da Lapa.

“Estamos localizados há cerca de 6km do Aeroporto, queremos aproveitar ao máximo a mão-de-obra local e nesse sentido necessitaremos do apoio da Prefeitura. Nosso projeto em Barreiras tem capacidade de produção de 116, 86MW de potência, para se ter uma ideia a estrutura corresponde a 352.442 painéis de energia parecidos com o que são vendidos aqui no centro da cidade”, explicou o diretor de desenvolvimento da Atlas.

Após a apresentação, os vereadores Alcione Rodrigues, Almery Messias, B. I. Ayres de Santana, Cesar da Vila, Francisco Sobrinho, Hipólito dos Passos, João Felipe, Otoniel Teixeira, Silma Alves e o presidente Eurico Queiroz, juntamente com os secretários Demósthenes Junior, meio ambiente e turismo, Carlos Costa, indústria, comércio e serviços, João Sá Teles, infraestrutura e a chefe de gabinete, Marileide Carvalho, acompanharam o prefeito e os diretores da Atlas em visita ao local onde está sendo instalado o Sertão Solar Barreiras com previsão para conclusão das obras, em dezembro deste ano.

“Esse é um projeto de impacto ambiental muito pequeno, diferente das PCHs (Pequenas Centrais Hidrelétricas) e Termoelétricas que nós temos na região. Estamos projetando a nossa cidade para receber grandes investimentos e Barreiras já está colhendo os frutos deste trabalho”, concluiu o prefeito.

Dircom

Deixe aqui o seu comentário!
EmoticonEmoticon