A Câmara Municipal de Formosa do Rio Preto aprovou no dia 25 de junho o projeto de municipalização do Bolsa Família, de autoria da Prefeitura. O Programa é totalmente custeado pelo município e vai ajudar a complementar a renda das famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade, combatendo a fome, reduzindo as desigualdades e promovendo políticas públicas. É a Prefeitura de Formosa do Rio Preto, cada vez mais trabalhando pela nossa gente.

quinta-feira, 28 de março de 2019

Material escolar arrecadado pelos acadêmicos do Curso de Direito da Fasb é entregue a 52 famílias carentes de Barreiras


Demonstrações de cuidado e respeito ao próximo nortearam a organização do ‘Trote Solidário’ realizado por acadêmicos do curso de Direito da FASB, como forma de recepcionar os novatos das duas turmas iniciantes em 2019. Após o processo de organização sob responsabilidade do Diretório Acadêmico de Direito JJ Calmon de Passos, que contou com o apoio da coordenação do curso e da direção administrativa, acadêmicos, líderes das turmas e integrantes da Atlética de Direito ‘travaram’ uma competição entre as duas turmas de calouros para ver qual conseguiria o maior número de itens.

“O nosso objetivo nunca foi mostrar qual turma seria a melhor, pelo contrário, foi instigar as turmas para que se empenhassem ainda mais para que o propósito final fosse cumprido e que tivéssemos uma grande arrecadação, porque no final de tudo não íamos contabilizar os materiais por turma e sim o total, e todas as duas passariam pelo trote na instituição, como forma de socializar os alunos do Curso”, explica o presidente do Diretório Acadêmico, Caik Rocha.

Após a coleta dos materiais, estudantes das duas turmas passaram pelo trote físico, regado a muita descontração e integração, conforme destaca a coordenadora do curso, Cristiane Pacheco. “Vale ressaltar que o trote físico foi primeiro analisado pela instituição, o Diretório Acadêmico se comprometeu, através de ofício, a seguir regras da instituição como só aplicar o trote a aqueles que aceitaram, usar tintas atóxicas, não usar materiais que pudessem comprometer a saúde dos acadêmicos bem como, nenhuma ação que viesse a ferir a integridade física ou moral dos calouros”.

O passo seguinte foi contabilizar o apurado nas doações que resultou em um total de 520 itens de materiais escolares entre cadernos, mochilas, lápis, lápis de cor, canetas, giz de cera, cola e apontador. Os materiais foram organizados em 50 kits escolares entregues às famílias carentes indicadas pelas coordenações dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializada da Assistência Social (CREAS), Centro de Referência em atendimento à Mulher (CRAM) e do Programa Criança Feliz, em Barreiras. A entrega, feita pelos acadêmicos, contemplou 52 famílias com os kits destinados a crianças e adolescentes em idades entre 4 a 12 anos.





Araticum Comunicação

Deixe aqui o seu comentário!
EmoticonEmoticon