Cheque especial perdeu mais de 1 milhão de clientes em janeiro, aponta Febraban



No mês de janeiro, 1,07 milhão de clientes migraram do cheque especial rotativo para o empréstimo parcelado, a juros mais baixos, conforme apontado pela Federação Brasileira de Banco (Febraban).

Ainda segundo a entidade, este número de clientes que migraram para a linha de crédito com custo menor equivale a um aumento de 32% na comparação com dezembro de 2018. O levantamento foi feito em 12 bancos, que representam cerca de 90% do mercado brasileiro desse produto, segundo a Agência Brasil.

A Febraban indicou ainda que a taxa de juros média dos empréstimos parcelados fechou o primeiro mês de 2019 em 3,4% ao mês, uma queda de 0,1 ponto percentual em relação a dezembro de 2018. Em relação a taxa média de juros do cheque especial, a mais cara modalidade oferecida pelos bancos, ficou em de 12,6% ao mês, com aumento de 0,1 ponto percentual em relação ao mês anterior.

COMPARTILHAR
Anterior
Proxima