A Câmara Municipal de Formosa do Rio Preto aprovou no dia 25 de junho o projeto de municipalização do Bolsa Família, de autoria da Prefeitura. O Programa é totalmente custeado pelo município e vai ajudar a complementar a renda das famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade, combatendo a fome, reduzindo as desigualdades e promovendo políticas públicas. É a Prefeitura de Formosa do Rio Preto, cada vez mais trabalhando pela nossa gente.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Novos alunos da FASB são recebidos em cerimônia de acolhimento






O ‘acolhimento’ é um momento de muitas descobertas para os novos alunos da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB). É nesse evento, realizado no início de cada ano, que eles passam a conhecer a estrutura, os regulamentos e a proposta pedagógica da instituição. Em 2019, a programação teve início na manhã desta segunda-feira (11), com um encontro no ginásio de esportes, na sede da faculdade. À noite, na mesma data, um novo encontro foi realizado no auditório João Altivo Bergamo, especificamente com os alunos do período noturno. Na terça-feira (12), a agenda do acolhimento continuou, com apresentações e dinâmicas, acompanhada pelos coordenadores e a direção.


Tadeu Sérgio Bergamo, presidente do Instituto Avançado de Ensino Superior de Barreiras – Iaesb, mantenedora da FASB, anunciou algumas novidades para esse ano letivo. Uma delas é o acesso às dependências da faculdade por meio do reconhecimento biométrico. O dirigente tratou também do fortalecimento dos meios digitais para atender a demanda da biblioteca e da criação de um espaço físico mais amplo e adequado para o atendimento ao aluno. Por fim, orientou os novatos a se dedicarem aos estudos. “Aquele que tem o real interesse de fazer um curso superior e se tornar um profissional qualificado, tem a garantia da FASB de que vai se formar, com o currículo estabelecido pelo Ministério da Educação, com estrutura física e recursos humanos de alto nível. Tudo isso, vai torná-lo apto a receber as melhores oportunidades no mercado de trabalho”, afirmou.


“Esse momento de acolhimento não é oferecido por todas as instituições. Mas é fundamental o aluno sentir que está sendo bem recebido, ter esse acompanhamento e saber o que vem pela frente. No terceiro momento, que vai ocorrer mais adiante, eles terão um encontro com o coordenador dos respectivos cursos, para que cada um conheça as perspectivas da profissão escolhida. Nos preparamos muito, nesses 20 anos de existência da instituição, para dar a melhor formação aos que ingressam na FASB. A partir do momento em que o aluno começa a estudar aqui, ele passa a entender a nossa proposta, que tem o foco no coletivo, então o rendimento aumenta e ele passa a contribuir com a construção dos saberes”, disse Marilissa Dobrachinski, diretora-acadêmica.


Animado com a chegada ao ambiente acadêmico, o jovem João Elias Brasileiro, que está cursando Ciências Contábeis, falou sobre as primeiras impressões e as expectativas para os próximos anos: “Gostei muito da estrutura da faculdade e das pessoas que tenho conhecido nesse início de curso. Creio que a FASB vai me dar conhecimento suficiente, para que eu possa enfrentar os desafios profissionais”. Quem também está motivada é a estudante Naiane de Souza Oliveira, segundo ela, “esperei muito por isso. Foi uma fase muito adiada, mas felizmente estou aqui. Independente da área em que eu for trabalhar, quero ter meu próprio negócio”, enfatizou.


O evento de abertura contou ainda com a apresentação da diretora de Pesquisa e Extensão, Emília Karla Amaral, que abordou a forma como a FASB produz conhecimentos, baseada no tripé ‘ensino, pesquisa e extensão’. As egressas do curso de Produção Audiovisual, Ana Carla e Victória Porto, encenaram uma esquete que trata das responsabilidades que os acadêmicos devem ter em relação ao futuro, com dedicação aos estudos e a participação moderada em atividades de lazer que possam prejudicar o desempenho no meio acadêmico.
 


Araticum Comunicação