A Câmara Municipal de Formosa do Rio Preto aprovou no dia 25 de junho o projeto de municipalização do Bolsa Família, de autoria da Prefeitura. O Programa é totalmente custeado pelo município e vai ajudar a complementar a renda das famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade, combatendo a fome, reduzindo as desigualdades e promovendo políticas públicas. É a Prefeitura de Formosa do Rio Preto, cada vez mais trabalhando pela nossa gente.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Mutirão de mamografia começa nesta quinta-feira em Formosa do Rio Preto




Uma unidade móvel do Programa “Saúde Sem Fronteiras - Rastreamento do Câncer de Mama” já está em Formosa do Rio Preto, na Praça Dr. Altino Lemos Santiago (praça do hospital). No município, o mutirão de mamografia para mulheres de 50 a 69 anos acontece de 14 a 22 de fevereiro, com total apoio da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).
O exame de rastreio do câncer de mama acontece dentro da unidade móvel que é equipada com mamógrafos de última geração. “Nossa equipe está empenhada para que todas as mulheres do grupo prioritário sejam atendidas. Mobilizamos profissionais, estamos disponibilizando transporte para as moradoras da zona rural que necessitem desse suporte e a estrutura requerida”, informa a Secretária Municipal de Saúde, Thaíse Santos, agradecendo o comprometimento de cada um para que essa ação de prevenção, diagnóstico precoce e tratamento da doença seja um sucesso.

Em Formosa do Rio Preto, a faixa etária prioritária abrange 1388 mulheres. Por isso, a orientação da coordenação municipal da Atenção Básica em Saúde é de que aquelas que ainda não se cadastraram, procurem a sua unidade de saúde para agendar o dia de atendimento e, assim, evitar longas filas ou grandes períodos de espera. É necessário apresentar uma cópia e o original da carteira de identidade e do Cartão do SUS.
Desde que o mutirão foi confirmado, os agentes comunitários de saúde e todas as equipes das Unidades de Saúde da Família realizaram um trabalho de busca ativa e até o final da tarde desta quarta-feira (13/02) já estavam contabilizados pela coordenação da Atenção Básica o cadastro de mais de 1.033 mulheres.