Comissões são instaladas na Assembleia Legislativa da Bahia



As dez comissões permanentes da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) foram instaladas na manhã desta terça-feira (12). Logo após a instalação, foram eleitos e empossados os presidentes e vices de cada um dos colegiados, que tem oito membros titulares e quatro suplentes. A partir da próxima semana, as comissões permanentes da 19º legislatura da AL-BA já funcionam normalmente, sempre às terças e quartas-feiras, no período matutino.

Foram instaladas as seguintes comissões: Constituição e Justiça; Finanças, Orçamento, Fiscalização e Controle; Saúde e Saneamento; Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos; Educação, Cultura, Ciência, Tecnologia e Serviço Público; Direitos Humanos e Segurança Pública; Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo; Agricultura e Política Rural; Direitos da Mulher; e Defesa do Consumidor e Relações do Trabalho. As instalações das chamadas comissões especiais ficarão para a próxima semana.

Na Comissão do Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos, o deputado Pastor José de Arimateia (PRB) foi eleito presidente com sete votos, tendo Marcelino Galo (PT) como vice na chapa única. “Quero pedir aos senhores deputados que já façam as suas pautas de indicações, reivindicações a esta comissão, para que possamos deliberar e lutar em defesa do meio ambiente. Como presidente, estou antecipando a minha pauta. Coloco para votação dos deputados a apreciação para a visita das barragens da Bahia, que têm recolhido os dejetos das empresas. Também vamos lutar contra o desmatamento de matas ciliares e pela despoluição dos rios”, assegurou Arimateia, em seu primeiro discurso como presidente do colegiado.

Como relata o site da Casa, a presidência da Comissão de Agricultura e Política Rural ficou nas mãos da deputada Jusmari Oliveira (PSD), sendo o vice da chapa Sandro Régis (DEM), ambos eleitos com oito votos. Em entrevista logo após ser empossada, Jusmari defendeu a aproximação do Poder Legislativo com o campo, um dos muitos assuntos que serão apresentados já na primeira sessão do colegiado, marcada para a próxima terça.

“Nós vamos levar uma proposta de pauta com um planejamento de, pelo menos, um ano de trabalho. Pretendemos fazer, no âmbito da comissão, audiências públicas para ouvir o setor, com as federações e entidades representativas. Nós também vamos propor reuniões conjuntas com as outras comissões, principalmente com as de Saúde e Educação, para discutir o acesso das populações do campo a alguns serviços de qualidade de vida”, elencou a deputada.

Para a Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo, foram eleitos com sete votos o deputado Pedro Tavares (DEM), como presidente, e o deputado Niltinho.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.