Barreiras: Com destaque ao Meio Ambiente, festejos de Yemanjá e Oxum são abertos oficialmente



A abertura oficial dos festejos a Yemanjá e Oxum, realizada pela Associação Barreirense de Umbanda e Candomblé - ABUC, com o apoio cultural da Prefeitura de Barreiras através da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer na realização das homenagens destinadas às rainhas das águas, aconteceu na noite dessa quinta-feira (31) no Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho.

A solenidade contou com a presença da secretária de educação, Cátia Alencar, do presidente da ABUC, Simão Vilas Boas, do professor do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia (IFBA), Diego Carvalho, que no ato também representou o coletivo SECONBA, da professora de psicologia da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), Renata Moreira e do coordenador de educação ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Ronaldo Ursulino.

“É com muita satisfação que a Prefeitura de Barreiras colabora, auxilia, apoia e dá suporte à ABUC na realização desse evento. Essa festa engrandece a nossa cultura, é muito gratificante participar desses momentos”, destacou a secretária de educação, Cátia Alencar.

Com o tema “Religiosidade afrobarreirense e a preservação do Rio Grande: uma relação ancestral”, o destaque das discussões na mesa redonda foi a preocupação com o meio ambiente. Os palestrantes Ari Fernandes e Ronaldo Ursulino resgataram a importância do Rio com Oxum e Yemanjá junto às questões ambientais. Atentos às explicações, os representantes de terreiros, filhos de santo e convidados, puderam entender que a preservação da natureza é imprescindível nas comemorações do 02 de Fevereiro, uma vez que a água é morada de Oxum e Yemanjá, além de um bem de todos.

Ao final das abordagens, foi feita uma homenagem em gratidão pelas contribuições dadas à festa das rainhas para alguns convidados, também foi entregue um panfleto educativo, com dicas de presentes biodegradáveis para ofertas do sábado (02). A quantidade aproximada de tempo que alguns presentes como vidros de perfumes, flores de plástico, bijuterias e tecidos, levam para se decompor também foi destacada.

“Quando nos unimos, tornamos mais fortes, somos um povo que prega acima de tudo união, paz e amor ao próximo. A festa de Yemanjá e Oxum, já ocorre na cidade há mais de 40 anos e hoje garantimos destaque em importantes espaços, como na Câmara de Vereadores, no Conselho de Cultura da nossa cidade e nos espaços acadêmicos. Assim, agradecemos as parcerias que foram firmadas com o IFBA, UFOB, UNEB, por garantir que o preconceito ainda de algumas pessoas, seja desfeito”, disse o presidente da ABUC, Simão Vilas Boas.

No próximo sábado, data oficial da festa de Yemanjá e Oxum, as comemorações começam com a alvorada às 5hs na casa do Ilê Axé Bara Bologum Oba Aomim, em Barreirinhas, seguida de uma carreata em direção ao Cais de Barreiras. À tarde, a programação continua com a concentração na orla do Cais às 15hs, seguida do cortejo fluvial que traz Oxalá, Oxum e Yemanjá. O encontro será na rampa em frente ao mercado, com cortejo terrestre pelas principais ruas de Barreiras, depois o público presente poderá assistir ao show “O Batuque das Águas Sagradas” do cantor Bosco Fernandes.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.